Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

26 Setembro de 2019 | 17h35 - Actualizado em 26 Setembro de 2019 | 18h52

Ministra avalia condições para lançamento do Programa "Minha Terra"

Cuito - A ministra do Ordenamento do Território e Habitação, Ana Paula de Carvalho, trabalha desde hoje (quinta-feira), na província do Bié, onde constata as condições para o lançamento do Programa Nacional de emissão de títulos a favor de camponeses, denominado "Minha Terra".

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Governantes avaliam lançamento do "Minha Terra" no Bié

Foto: Bartolomeu Nascimento

Ao falar à imprensa na povoação de Cangala, município do Chinguar, no quadro da sua visita de trabalho de dois dias ao Bié, a governante sublinhou que neste momento trabalha-se na elaboração de títulos de direitos de superfície, que visam facilitar o acesso ao crédito, para o fomento da produção agrícola.

Sem avançar a data de entrega desses documentos, a governante realçou que os mesmos vão proteger as terras dos camponeses, alicerçar a confiança das agências bancárias, quanto à cedência de créditos, para que as famílias possam trabalhar de forma tranquila.

Explicou que o mesmo visa atribuir título de reconhecimento das delimitações das terras das comunidades rurais, cooperativas e associações de camponeses, habilitando-os a aceder a créditos bancários, para o fomento da produção e produtividade agrícola.

Referiu que o título vai igualmente proteger as terras dos camponeses, sendo que para o efeito, as equipas multissectorial estão a desdobra-se em todas as província do país para catalogar as cooperativas beneficiárias do programa.

Por sua vez, o governador Pereira Alfredo assegurou que o Bié dispõe de campos aráveis, recursos hídricos em abundância e uma população trabalhadora, tendo considerado a agricultura como o “principal diamante” das famílias.

A emissão dos títulos de terra para os camponeses foi manifestado, em Outubro de 2018, pelo Presidente da República, João Lourenço, na província do Huambo, aquando da abertura do ano agrícola 2018/2019.

Com uma população estimada em um milhão 445 mil e 255 habitantes, na sua maioria camponesa, a província do Bié tem 55 cooperativas e 418 associações de camponeses.

Leia também
  • 24/05/2019 22:51:10

    Bié: Andulo distribui lotes para auto-construção

    Andulo - Duzentos lotes de terra para um projecto de auto-construção dirigida estão disponíveis para a população do bairro Esperança, arredores da sede municipal do Andulo, 130 quilómetros a Norte da cidade do Cuito, na província do Bié.

  • 22/05/2019 21:58:48

    Bié: Estancamento de ravinas absorve mais de dois bilhões Kwanzas

    Cuito - O Ministério da Construção vai investir mais de dois bilhões de Kwanzas para estancar e reconstruir as zonas afectadas pelas ravinas na província do Bié, o facto foi dado a conhecer hoje, quarta-feira, na cidade do Cuito, pelo governador em exercício do Bié, José Fernando Tchatuvela.

  • 12/01/2019 10:59:01

    Estradas da Catabola serão recuperadas

    Catabola - Vinte quilómetros de estradas serão terraplanados este ano, nos bairros periféricos e na sede municipal de Catabola, província do Bié, para melhorar a circulação de pessoas e bens.