Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

05 Maio de 2020 | 13h44 - Actualizado em 06 Maio de 2020 | 09h40

Governo loteia terras para famílias em zonas de risco no Bengo

Caxito - O governo do Bengo está a lotear, desde segunda-feira, quatro mil e setecentos lotes de terra, no município do Dande, para acudir as famílias que vivem em zonas de risco, revelou hoje, terça-feira, o vice-governador para o sector técnico e infra-estruturas, Agostinho da Silva.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Famílias abrigadas em tendas

Foto: Mário Francisco

O plano de loteamento no município do Dande reserva 300 lotes na localidade da Boa Esperança 2, quatro mil lotes na Terra Prometida e 400 no Bucula. Além das famílias em zonas de risco, poderão beneficiar também às populações que queiram construir de modo ordeiro para melhor ordenamento do território.

O vice-governador disse que brevemente será lançado um programa para desincentivar as pessoas a construir em zonas de risco e não apropriadas.

Quanto aos lotes de terra, Agostinho da Silva disse que começam a ser entregues dentro de dias às famílias sinistradas, com material de construção para ajudá-los a erguerem as suas próprias residências.

Hoje (terça-feira), o comandante nacional adjunto dos Bombeiros para a área da protecção civil, José Horácio da Silva, procedeu a entrega de meios diversos ao Governo do Bengo, para as populações sinistradas.

Constam dos meios kits de sobrevivência, chapas, cobertores, roupa usada, cobertas, baldes plásticos e reservatórios de água.

A zona ribeirinha da Quixala, com 542 famílias, foi afectada na semana com o transbordo das águas do rio Dande e cerca de 250 famílias foram obrigadas a abandonar as suas casas, estando agora alojadas em tendas na localidade da Kijanda, onde têm disponível posto de saúde, água potável e energia.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também