Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

11 Outubro de 2020 | 16h46 - Actualizado em 11 Outubro de 2020 | 18h46

Reposta circulação entre Ntoto Wola e São Pedro Cotra

Cabinda - Depois de mais de 15 anos, o troço que liga as aldeias de Ntolo Wolo a S.Pedro Cotra, na comuna de Tando-Zinze, província de Cabinda, num raio de 15 quilómetros, antes degradado e intransitável, está agora completamente reabilitado.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Durante cinco meses, o troço, que passa também pelas aldeias de Tamba, Bonde Grande e Pequeno, S.Luís Mabiala, foi reabilitado pela Brigada de Construção das Obras Públicas do governo da província.

O governador de Cabinda, Marcos Alexandre Nhunga, visitou o troço, nessa quinta-feira (8), e manifestou-se satisfeito pelo seu actual estado. “A via permitirá uma melhor circulação de pessoas e facilitará o escoamento de produtos do campo para os mercados dos centros urbanos”, afirmou o responsável.

Na ocasião, Marcos Alexandre Nhunga prometeu continuar a trabalhar com os equipamentos das brigadas de obras públicas para proporcionar circulação segura e satisfação à população.

“O governo vai continuar com o programa de reabilitação dos troços intransitáveis há muitos anos, para devolver as interligações e a livre circulação de pessoas e bens entre as aldeias e as sedes comunais”, avançou o responsável.

Informou, por outro lado, que o projecto de iluminação pública em curso na cidade de Cabinda será alargado para as sedes comunais, sobretudo nas aldeias de maior concentração populacional. Estas vão beneficiar de novos postos de iluminação pública.

A sede comunal de Tando-Zinze já conta com melhorias de abastecimento de água potável. Abriu-se um furo artesiano, que custou ao Estado cerca de 80 milhões de kwanzas, com capacidade para bombear 15 metros cúbicos/hora de água e um reservatório de 50 mil litros para abastecer três aldeias na circunscrição.

A comuna fronteiriça de Tando-Zinze está adstrita ao município de Cabinda e faz fronteira a sudeste da província com a vizinha República Democrática do Congo, onde a população se dedica à agricultura, caça, pesca artesanal e ao comércio fronteiriço.

Assuntos Província » Cabinda  

Leia também