Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

15 Outubro de 2020 | 11h32 - Actualizado em 15 Outubro de 2020 | 12h34

Terraplanados 50 km do troço entre Bulo e Alto Sundi

Cabinda - Cinquenta dos 80 quilómetros do troço que liga as localidades de Bulo e Alto Sunde na Comuna de Miconje, município de Belize, foram já terraplanados pela brigada de construção das secretarias províncias das obras públicas e do Instituto de Estradas em Cabinda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os trabalhos, cujos custos não foram declarados, tiveram início entre os meses de Março e Abril deste ano, sob responsabilidade do governo da província. A previsão é de se terraplenar, até finais deste ano, de 80 quilómetros do troço e Bulo e Alto com vista a devolver a melhoria das condições e segurança na circulação de pessoas e bens na localidade, que vive essas dificuldades desde a era colonial.

Contactado hoje pela ANGOP, o secretário provincial das obras públicas em Cabinda, Paulo Luvambano,  disse que o ritmo é positivo e já foram também recuperadas 15 pontecos que dificultavam a mobilidade dos meios e de pessoas naquela zona fronteiriça com os dois Congos.

Referiu ainda que os trabalhos prosseguem num ritmo satisfatório com previsões de conclusão para os próximos meses dos 30 quilómetros que faltam para ligar a zona de Alto Sunde e redefinir no próximo ano a programação para a asfaltagem do referido troço

A reabilitação do troço Bulo e Alto Sundi, que passa pelas aldeias de Conde Kavungo, Tungo Tadi, Kicumba Congo, Maloango Zau, Kimpondo, Kifuma e Bítina, constava inicialmente do Programa de Desenvolvimento do Alto Sundi (PRODAS), paralisado há 10 anos devido à conjuntura económica e financeira que o país vive.

O PRODAS teve como objectivo fundamental a reconstrução de toda a região do Alto Sundi, adstrita à comuna de Miconje, município de Belize, proporcionando melhores condições de vida à população da área em reconhecimento do seu contributo na luta de libertação nacional do jugo colonial português.

Na primeira fase do programa foi erguido um centro de saúde, três postos de saúde, residências para enfermeiros, uma escola do II ciclo, cinco do ensino primário, sete residências para professores, igual número de jangos comunitários e sete mercados rurais.

A construção de sete residências para regedores, uma esquadra da Polícia Nacional, 12 postos de Polícia Fronteiriça, três sistemas de abastecimento de água potável com capacidade de 12 a 20 metros cúbicos cada e a reabilitação de dois postos de saúde, são alguns dos projectos que foram concluídos e outro por serem concluídos.

Com a conclusão dos trabalhos nos próximos meses, no tocante à recuperação e reabilitação dos 80 quilómetros do troço, vão contribuir para a diminuição do isolamento e das assimetrias regionais, garantindo a livre circulação de pessoas e bens, bem como da oferta e dos serviços públicos administrativos do Estado.

A região do Alto Sundi compostas por mais de 20 aldeias correspondem a uma superfície de cerca de 430 quilómetros quadrados e uma população de pelo menos dois mil e 500 habitantes e faz fronteiras com as regiões de Niari (Republica do Congo Brazaville) e Congo Central (República Democrática do Congo).

Assuntos Província » Cabinda  

Leia também