Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

13 Agosto de 2012 | 19h14 - Actualizado em 13 Agosto de 2012 | 19h13

Anunciada construção do novo hospital municipal no Cuílo para este ano

Lunda Norte

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Dundo - Um novo hospital municipal, com capacidade para cem camas, será edificado no município de Cuílo, província da Lunda Norte, com início das obras marcadas ainda para este ano, anunciou hoje à Angop o administrador local, Pedro Blair.

O responsável garantindo que se trata de uma infra-estrutura de referência, cujo projecto foi já aprovado no quadro da linha de crédito da China, sem avançar outros pormenores, apesar de a iniciativa ser já um facto na região.    

Enquanto se aguarda o arranque do projecto, disse, encontra-se em curso as obras de ampliação do centro médico municipal, visando a elevação da capacidade de internamento da infra-estrutura que actualmente atende mais de vinte pessoas por dia.

Adiantou que o projecto, que deverá contar com cerca de cem camas, visa proporcionar acomodação condigna às pessoas, essencialmente as crianças e idosos.

Afirmou que, para além do funcionamento, a iniciativa irá contribuir na criação de novos serviços tendo em conta a demanda neste momento e pelo facto de passar à categoria de hospital municipal.

Por seu lado, o responsável do centro hospitalar, João Ferreira Mutaza, regozijou-se pelo facto e referiu que a pediatria e a medicina geral são as únicas áreas que funcionam na unidade sanitária na região, com mais de 20 mil habitantes.

Em funcionamento há cerca de nove meses, disse, a instituição conta com mais de dez técnicos, entre os quais dez enfermeiros e um médico, tendo anunciado que o projecto irá garantir o aumento da capacidade para cerca de trinta doentes, bem como contribuirá na prestação de um serviço de qualidade.

Contudo, sublinhou que a ampliação do empreendimento permitirá a acomodação dos funcionários, a criação de vários novos serviços como banco de urgência, maternidade, laboratório, entre outros aspectos. A capacidade de internamento neste momento é de treze doentes.

Por isso, apelou às entidades competentes para a necessidade do aumento de mais especialistas, prevendo vinte enfermeiros e três médicos em diferentes áreas.

Por outro lado, João Mutaza deu a conhecer que neste momento conta com uma viatura que serve o município, com 5. 320 quilómetros quadrados.   

Leia também
  • 27/01/2019 15:54:44

    Aumenta número de casos de malária na Lunda Norte

    Dundo - Cento e setenta e cinco mil, 448 casos de malária foram diagnosticados na Lunda Norte, em 2018, com uma taxa de letalidade de 0.5%, contrapondo os 118 mil e 203 casos referidos em 2017 em que a letalidade foi 4.5%.

  • 27/01/2019 15:36:33

    Mais de seis mil grávidas testadas na Lunda Norte

    Dundo - Seis mil, 546 mulheres grávidas foram testadas na província da Lunda Norte, em 2018, sendo que 274 testes de VIH deram positivo, estando já 93 senhoras e mais 78 crianças a receberem o tratamento anti-retroviral.

  • 17/01/2019 08:23:18

    Quarenta casos de malnutrição no hospital de Chitato em 15 dias

    Dundo - O hospital municipal do Chitato registou, na primeira quinzena de Janeiro, 40 ocorrências de malnutrição, dos quais 18 com internamento e 22 casos ambulatórios.

  • 25/12/2018 16:24:14

    Sanatório da Lunda Norte com diminuição de pacientes

    Dundo- Seiscentos pacientes foram atendidos, em 2018, no Hospital Sanatório do Sacavula, no Dundo, em 2018, registando uma redução de 270 doentes em relação ao ano de 2017.