Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

29 Janeiro de 2016 | 12h39 - Actualizado em 29 Janeiro de 2016 | 12h39

Moxico: Sector necessita de oito médicos especializados

Luena - Oito médicos, entre clínico geral, cirurgião, ginecologia-obstetra, ortopedista, oftalmologista e pediatria são necessários para reforçar o sector de saúde do município dos Luchazes, província do Moxico.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O facto foi revelado hoje, sexta-feira, à Angop, pelo director municipal da saúde, João Laurindo Tchipisonhi, justificando que o município possui actualmente dois médicos, especializados em cirurgia.

Disse serem ainda necessários 50 novos enfermeiros para se juntarem aos 28 existentes, além do reforço de 30 técnicos administrativos.

Enalteceu o programa de municipalização dos serviços de saúde, por permitir o abastecimento medicamentosa e material descartável nas sete unidades sanitárias que possui o município.

Apontou a malária, tuberculose, gastrite, gonorreia, infecções de transmissão sexual e tosse, como as patologias mais frequentes na região que dista 347 quilómetros a sudoeste da cidade do Luena, capital provincial do Moxico.

Assuntos Província » Moxico   Saúde  

Leia também
  • 06/02/2019 09:39:53

    Técnicos aprimoram técnicas de prevenção da tuberculose na Matala

    Matala - Catorze agentes de saúde comunitária do município da Matala participaram terça-feira numa formação sobre prevenção, controlo e tratamento da Tuberculose e HI/Sida.

  • 05/02/2019 18:39:07

    Mais de vinte e oito mil mulheres aderem ao planeamento familiar

    Lubango - Vinte oito mil e 264 novas mulheres em idade fértil aderiram ao Programa de Planeamento Familiar em 2018 nas diversas unidades hospitalares da província da Huíla, um aumento de treze mil e 57 pacientes em relação a 2017.

  • 05/02/2019 14:08:39

    Doenças à espreita nos mercados a céu aberto

    Luanda - Frequentados há mais de 20 anos, os mercados a céu aberto ganharam o "rótulo" de principal ponto de venda de produtos a retalho em Luanda, essencialmente os do ramo alimentar. Todos os dias, atraem milhares de clientes, em busca de diversidade e baixos preços.

  • 02/02/2019 23:37:11

    Município de Kimbele ganha hospital de referência

    O município de Kimbele que dista a 261 quilómetros da cidade do Uíge, sede capital da província, conta com um novo hospital de referência, inaugurado este sábado, pelo governador local Mpinda Simão.