Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

11 Janeiro de 2017 | 16h58 - Actualizado em 11 Janeiro de 2017 | 16h58

Cuanza Norte: Controladas 16 mordeduras de cães em 12 meses

Golungo Alto - As autoridades sanitárias do município do Golungo Alto, província do Cuanza Norte, controlaram durante o ano transato dezasseis casos de mordeduras de cães, contra trinta e oito registados em 2015.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Relatadas dezasseis mordeduras caninas no Golungo Alto

Foto: Pedro Moniz Vidal

Os dados constam de um informe dos serviços hospitalares locais que relatam ainda o controlo de 35 picadas por serpentes, mais doze em relação às ocorrências do ano anterior.

Segundo o documento a que a Angop teve acesso nesta quarta-feira, tanto as mordeduras de cães como as das serpentes não causaram vítimas mortais.

Por falta de vacina antirrábica no Hospital Municipal do Golungo-Alto, as vítimas de mordeduras de cães recebem apenas como assistência hospitalar a lavagem da ferida, sendo aconselhadas a fazerem sucessivamente o mesmo, em casa, com água potável e sabão.

Quanto à merdeduras de cobras, os pacientes são tratados com antibióticos e com anti-inflamatórios.

Leia também
  • 11/01/2017 16:15:29

    Uíge: Registados mais de 600 casos de óbitos por malária em 2016

    Uíge - Seiscentos e cinquenta e seis óbitos entre os 228 mil e 871 casos de malária diagnosticados foram registados no ano de 2016, na província do Uíge, pelas autoridades sanitárias, contra 342 falecimentos em 253 mil e 846 casos notificações em 2015.

  • 11/01/2017 13:55:08

    Lunda Norte: Assistidos mais de 600 gestantes no hospital municipal do Chitato

    Dundo - A Maternidade do hospital municipal do Chitato, na província da Lunda Norte, assistiu de Janeiro a Dezembro no ano 2016, 668 gestantes tendo resultado em 644 nados vivos e 24 mortos.

  • 10/01/2017 15:46:44

    Moxico: Aumentam mortes no HGM

    Luena - Dez pessoas morrem no Hospital Geral do Moxico (HGM) nos últimos sete dias, registando-se um aumento de quatro óbitos face ao homólogo período anterior, informou hoje, terça-feira, no Luena, o chefe do Banco de Urgência, Júlio Pedro Mendes.