Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

17 Fevereiro de 2017 | 03h00 - Actualizado em 17 Fevereiro de 2017 | 12h37

Moxico: Mortalidade infantil diminuirá para 40 porcento até 2050

Luena - A taxa de mortalidade infantil da província do Moxico poderá diminuir para 40 porcento contra a actual percentagem de 70 até ao ano de 2050, segundo as projecções do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

José Januario Mateus - Chefe dos serviços provinciais do Instituto Nacional de Estatistica (JNE)

Foto: David Dias

Os estudos das projecções da mortalidade infantil feitos por esta entidade censitária mostram que a redução será drástica dentro de 23 anos, atendendo a evolução e os investimentos a serem feitos pelo Executivo Angolano.

Para o estabelecimento dos pressupostos da mortalidade, o INE analisou os dados disponíveis actualmente, que indicam uma taxa de mortalidade de 70 porcento.

O relatório do INE considera que a tendência futura da mortalidade urbana continuará a diminuir de forma gradual nos próximos anos, porem, essa diminuição, proporcionará um aumento, também gradual, da esperança de vida ao nascer, mas este aumento será mais lento nas áreas rurais que nas urbanas.

O documento do INE escreve que de 2014 a 2024 a esperança de vida aumentará a um ritmo de 2, 275 por ano nas áreas urbanas e de 0, 225 nas áreas rurais nas províncias com prevalência de VIH inferior ou igual a 3 porcento.

Enquanto isso, de 2014 a 2024 a esperança de vida aumentará a um ritmo de 0,25 por ano nas áreas urbanas e 0,20 nas áreas rurais nas províncias com prevalência de VIH superior a 3 porcentos.

Assuntos Província » Moxico   Saúde  

Leia também