Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

19 Junho de 2017 | 14h35 - Actualizado em 19 Junho de 2017 | 14h35

Malanje: População exortada a prevenir-se da pneumonia nessa época de cacimbo

Malanje - A população de Malanje foi hoje, segunda-feira, exortada, a prevenir-se da pneumonia nesta época de cacimbo, por ser uma doença respiratória, causada por vírus e bactérias ou fungos propensos a contaminação nesse período seco do ano.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O apelo foi feito pelo chefe do banco de urgência de medicina do hospital regional de Malanje, Pedro Balanga, quando falava à Angop, sobre o balanço das ocorrências do último fim-de- semana, realçando que em apenas dois dias a unidade registou 21 casos de pneumonia.

Pedro Balanga, fez saber que a pneumonia causa no doente febres superiores a 37,8 graus célsio, dificuldade em respirar, arrepios, entre outros sintomas e é uma doença contagiosa que causa inflamação do pulmão e acúmulo de líquido dentro dos alvéolos pulmonares e quando a infecção afecta diferentes regiões do pulmão, é chamada de broncopneumonia.

Explicou ainda que os sintomas da pneumonia podem surgir de forma repentina ou gradual, aparecendo quando o sistema imune está enfraquecido, como acontece após uma gripe ou resfriado que não curado ou prolongado.

Fez saber que a prevenção passa por manter as vias aéreas desobstruídas e comer alimentos de fácil digestão, bem como evitar ficar em locais onde haja poeira

No que toca as ocorrências, o responsável fez saber que durante o período em análise foram atendidos 201 pacientes dos quais 178 em ambulatório e 23 mereceram o internamento, com diversas patologias com um aumento de 34 casos em relação ao final de semana passado.

Acrescentou que das patologias mais frequentes, destaca-se a malária com 96 casos, doenças cárdeo vasculares com 56 e febre tifoide com 13 casos.

Assuntos Província » Malanje   Saúde  

Leia também