Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

20 Dezembro de 2018 | 12h27 - Actualizado em 20 Dezembro de 2018 | 12h27

Técnicos de estatística dos hospitais de Luanda em seminário

Icolo e Bengo - Cem técnicos de estatística, de todas unidades hospitalares da província de Luanda, encontram-se em seminário de capacitação, no município de Icolo e Bengo, para melhorar os métodos de recolha de dados e evitar os erros que comprometam os indicadores de saúde.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O seminário, que está a ser orientado por oito formadores do Ministério de Saúde especialistas em estatística, tem como objectivo melhorar o funcionamento do sistema de informação da saúde para facilitar a tomada de decisão, fornecendo dados fiáveis para os indicadores de saúde.

O encontro, que termina no próximo sábado, foi dividido em três fases, sendo a primeira de capacitação na transmissão de conhecimento teóricos na matéria de estatística, a  segunda sobre o estudo e treinamento de uma nova ferramenta designada DHS II no ramo da informática para o processamento de dados na saúde.

Já na terceira fase é uma avaliação, a ser realizada nas unidades sanitárias de Luanda, para constatar in-loco a aprendizagem dos técnicos que frequentaram o seminário, bem como verificar as formas de envio dos dados da base ao topo, no caso de um posto de saúde até ao Ministério de saúde.

Em declarações hoje, quinta-feira, à Angop, a chefe de secção de processamento de dados do Ministério de saúde, Amélia Komba, disse que há mais de 30 anos que os  técnicos não actualizam conhecimentos sobre a estatística.

Por falta de conhecimentos, segundo a responsável, tem permitido que os técnicos cometam vários erros na recolha e processamento de dados da saúde, comprometendo assim a estatística que não é utilizada como deve ser.

Amélia Komba afirmou que as falhas atingem igualmente os modelos vigentes do sistema de informação de saúde, que também não são os apropriados, mas adaptados.

A formação para os técnicos de estatística começou em Fevereiro de 2018, de modos abranger todos os hospitais de Angola.

Leia também
  • 01/02/2019 15:36:21

    Governador quer mais médicos na periferia

    Luanda - O governador da província de Luanda, Sérgio Luther Rescova, recomendou, nesta sexta-feira, o reforço do número de médicos no centro de saúde km12A, município de Viana, com vista a dar melhor resposta às solicitações dos utentes.

  • 23/01/2019 13:17:43

    INEMA Luanda deve servir cidadãos - Sílvia Lutucuta

    Luanda - O serviço do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEMA) de Luanda deve servir, efectivamente, os interesses dos cidadãos, na perspectiva de aproximar a assistência médica junto das populações, afirmou, nesta quarta-feira, em Luanda, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

  • 28/12/2018 13:33:46

    Sala de nutrição do Sambizanga beneficia de bens alimentares da China

    Luanda - A Embaixada da República Popular da China, em Angola, doou hoje, sexta-feira, vários bens, entre os quais, uma geleira, arroz, feijão, óleo vegetal e detergentes, à sala de recuperação nutricional do Centro de Saúde do Sambizanga.