Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

12 Março de 2018 | 19h10 - Actualizado em 13 Março de 2018 | 12h28

UE constata com satisfação implementação do Programa de Apoio a Saúde

Benguela - A União Europeia (UE) constatou, com satisfação, os níveis de implementação do "Programa de Apoio ao Sector de Saúde" (PASS II) na província de Benguela, que garante melhorias substanciais às práticas dos técnicos de saúde pós-média formação, cuja implementação decorre de Maio de 2016 a Novembro/2018.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A garantia foi dada hoje, segunda-feira, nesta cidade, pelo perito de recursos humanos daquele programa, José Freixinho, que trabalha em Benguela a frente de uma missão de avaliação, composta por três especialistas.

Segundo José Freixinho, entre os ganhos do programa destaca-se a introdução de dois cursos, os únicos abrangidos, sendo o de obstetrícia e pediatras, que abarcam disciplinas transversais, entre as quais a “humanização dos cuidados de enfermagem”, “Biossegurança, Saúde e Ambiente”, de modo a sensibilizar os profissionais sobre a importância destas temáticas na prática diária da enfermagem.

Referiu que, o PASS II compreende um financiamento da “UE” no montante global de Euros 30 milhões, cuja implementação decorre nas províncias de Benguela, Bié, Huíla, Huambo e Luanda, com abrangência em mais três municípios por cada província, o que totaliza 15 municipalidades contempladas.  

Para o especialista, o PASS II é um programa dedicado ao treinamento especializado destes enfermeiros já formados nas áreas obstetra e materno infantil nas cinco províncias (Benguela, Bié, Huambo, Huíla e Luanda que representam mais de 50 porcento da população do país), onde professores oportunamente formados têm estado a transmitir novos conhecimentos relativos às áreas “materno infantil”, “planeamento estratégico”, “formação de formadores – municipalização dos serviços de saúde”, “gestão de saúde”, entre outros.    

Indicou que os instrumentos enumerados foram elaborados pelas próprias escolas angolanas, pelos seus professores e responsáveis, com base em experiências já vividas, porém adaptados, todos à realidade nacional, tendo sido já validados pelo Ministério da Saúde que prevê estendé-los para todas províncias do país tão logo estejam publicados em Diário da República. 

Frisou que a União Europeia tem estado a prestar assistência técnica, em todos esse processo, por isso, foram  verificar nas escolas do PASS II se esse que permite aos formadores terem uma série de ferramentas está ser implementado. 

Por seu lado, Olga Fernandes, directora do Centro de Formação de Técnicos de Saúde (CFTS), abordada sobre os números em abrangência, disse existir na província duas turmas em treinamento, com 30 técnicos cada, nomeadamente uma de Obstetrícia e outra para os serviços pediátricos, num total de 60 enfermeiros em formação especializada.

Integram a comitiva, que regressa terça-feira a Luanda, António Luís, chefe de Secção de Ensino do Ministério da Saúde e Ana Lombo, chefe de Secção de Formação permanente do PASS II.

Leia também
  • 05/02/2019 13:14:23

    Picadas de escorpião preocupam serviços de urgência do HGB

    Benguela - Setecentos e seis pacientes, sete dos quais vítimas de picadas de escorpião, foram atendidos no fim-de-semana prolongado, pelos serviços de urgência do Hospital Geral de Benguela, soube hoje, terça-feira, a Angop de fonte sanitária.

  • 28/01/2019 19:39:41

    Projecto "Ame a Vida" assiste mais de mil homossexuais e trabalhadoras do sexo

    Benguela - Mil e 125 pessoas, entre homossexuais e mulheres trabalhadoras do sexo, localizadas na província de Benguela, aderiram aos serviços de aconselhamento, testagem do VIH-Sida, rastreiro das ITS e da tuberculose, no âmbito do projecto "Ame a Vida", numa iniciativa da Organização de Interacção Comunitária (OIC).

  • 28/01/2019 12:08:42

    Mais de cem pacientes com insuficiência renal assistidos em 2018 no Lobito

    Lobito - Cento e quarenta e um pacientes com insuficiência renal aguda e crónica foram assistidos em 2018, no centro de hemodiálise do Hospital Geral do Lobito, na província de Benguela, mais nove em relação ao ano de 2017.

  • 26/01/2019 09:16:50

    Angola regista 618 novos casos de lepra

    Benguela - O secretário de Estado para Saúde Pública, José Viera Dias da Cunha, informou nesta sexta-feira, na cidade de Benguela, que o país conta com 618 novos casos de lepra, correspondente a uma taxa de detecção de 2.17 porcento por 100 mil habitantes.