Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

12 Julho de 2018 | 23h55 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 23h55

Estudantes abordam importância da iodização do sal

Luanda - Um ciclo de palestras sobre a iodização do sal decorre desde quinta-feira, nas escolas e institutos médios de Luanda, numa promoção do Gabinete Provincial da Agricultura, Pescas e Aquicultura.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi prestada pela directora da Comissão Provincial de Iodização do Sal, Maria do Céu, referindo que a iniciativa, aberta no Instituto Médio Politécnico de Cacuaco, tem como objectivo sensibilizar os alunos, de modo a levarem a mensagem às famílias, e não só, sobre o sal que deve ser usado na cozinha.

Acrescentou que o ciclo de palestra abrangerá as igrejas, mercados e centros materno-infantil.

Informou que o uso do sal importado é avaliado pelo laboratório do Ministério das Pescas e Mar, que autorização a sua comercialização e consumo.

“A nível da província de Luanda, nós temos inspectores por todos os municípios e foram distribuídos testes rápidos aos técnicos que estão a trabalhar na rede comercial, nos mercados, nos pontos de descarga e processamento do pescado. Brevemente, daremos as estatísticas do trabalho realizado”, argumentou.

Quanto ao sal produzido no país, disse que regista-se o desvio do mesmo aos mercados paralelos, sem o cumprimento da regra de iodização, e vendido a preços baixos nas comunidades “vulneráveis”.

Para contrapor este mal, informou que trabalham na sensibilização da população sobre as consequências deste produto, que afecta o desenvolvimento das crianças.

A primeira palestra deste ciclo teve como oradora Sílvia dos Santos, que falou do bócio, da infertilidade, dos nados-mortos, da impotência sexual, entre outras, como consequências do consumo do sal não iodizado.

Assuntos Debate  

Leia também
  • 25/02/2015 12:50:27

    Bié: Realizada mesa redonda sobre recursos humanos

    Cuito - Mais de 100 profissionais de enfermagem e alunos da Escola de Formação de Técnicos de Saúde "Comandante Bula" do Bié participam hoje, quarta-feira, nesta cidade, numa mesa redonda sobre recursos humanos no sector da Saúde.