Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

22 Agosto de 2018 | 01h46 - Actualizado em 22 Agosto de 2018 | 01h46

Cuando Cubango: Funcionários do BPC doam sangue ao Hospital Geral

Menongue - Funcionários afectos Banco de Poupança e Crédito (BPC) em Menongue, capital do Cuando Cubango, procederam hoje, no âmbito da sua responsabilidade social, doação de sangue ao Hospital Geral, na campanha denominada "Doe sangue, doe Vida".

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Arquivo: Enfermeira efectua análise a doadora de sangue no hospital central de Menongue

Foto: Armândio Morais

A campanha, enquadrada no 27º aniversário do BPC, assinalado a 16 do mês em curso e que decorre em todo o país, visou contribuir no aumento do stock da referida unidade sanitária, salvação de vida, estimular o voluntariado e sensibilizar sobre a importância da doação de sangue.

O coordenador da actividade solidária pelo BPC local, Filipe Caconda, disse ter sido pela primeira vez que funcionários da instituição realizam acção do género no âmbito das comemorações do aniversário, no sentido de ajudar o próximo.

Neste primeiro acto, fez saber, foram mobilizados 19 funcionários, mas que na segunda fase o objectivo é de abranger maior número, visando responder as necessidades da hemoterapia do Hospital Central do Cuando Cubango, inaugurado em Agosto de 2017.

O gerente da dependência bancária do Mbingo Mbingo, em homenagem ao rei do Cuito Cuanavale, garantiu que depois dos três meses regulamentados para que um doador de sangue faça uma outra acção do género, no âmbito da responsabilidade social, organizará uma idêntica.

Já a responsável da hemoterapia do Hospital Geral do Cuando Cubango, Victória Sachilombo, disse que o gesto constitui uma mais-valia para aquela unidade de referência na província, porquanto atende pacientes vindos também de outros pontos do país.

Desde Janeiro do ano em curso até ao momento, referiu, mais de 16 instituições já solidarizam-se com o hospital, com destaque para igrejas e a Associação Jovens Solidários (AJS).

Segundo a médica, actualmente fazem-se tres a sete transfusões/dia, tendo sido já assistidas, desde Janeiro corrente mais de 400 pacientes.

Explicou que as principais causas para tranfusão são as anemias, cirurgias e cesariana.

Actividade semelhante realizou-se tambem na província da Huila, onde colaboradores do BPC doaram esta terça-feira, á Maternidade Central do Lubango “Irene Neto”, 14 bolsas de sangue de 450 mililitros cada, dos grupos A, B e O positivos, no âmbito das comemorações do 27º aniversário da instituição bancária assinalado a 16 de Agosto.

Leia também
  • 05/11/2018 17:55:17

    Hospital Pediátrico de Menongue regista 90 mortes em sete meses

    Menongue - O Hospital Pediátrico de Menongue, sede capital do Cuando Cubango, registou, de Janeiro a Setembro do ano em curso, 90 mortes por diversas patologias, com destaque para malária, contra 113 do igual período anterior de 2017.

  • 01/11/2018 15:31:09

    Mais de quatro mil pacientes assistidos no centro de reabilitação do Bié

    Cuito - Pelo menos quatro mil 545 pacientes, entre crianças e adultos, com deficiências físicas foram assistidas no centro de reabilitação física, de Janeiro a 31 de Outubro deste ano, informou hoje, quinta-feira, no Cuito, o administrador da unidade, Bertil Afonso Cassoma.

  • 31/10/2018 14:28:29

    Sanatório sem reagentes para exames

    Menongue - A falta de reagentes, nos últimos dias, no hospital sanatório de Menongue, no Cuando Cubango, tem levado a que o diagnóstico da tuberculose seja feito com recurso ao exame de raio X, informou terça-feira, a administradora da unidade sanitária, Victória Mutango.

  • 30/10/2018 11:51:45

    Distribuídos 1.345 mosquiteiros a população da Lúbia

    Nhârea - Mil e 345 mosquiteiros impregnados foram distribuídos às comunidades da comuna da Lúbia, município do Nhârea, 240 quilómetros a norte da província do Bié, desde Agosto a presente data, pelas autoridades sanitárias na circunscrição.