Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

31 Agosto de 2018 | 13h54 - Actualizado em 31 Agosto de 2018 | 14h52

Mais de 100 profissionais de saúde asseguram assitência aos peregrinos

Luanda - Cento e cinquenta profissionais de saúde da província de Luanda, desde médicos especialistas e gerais, técnicos de enfermagem, de farmácia, de laboratório, pessoal de apoio e cozinheiros, vão assegurar a assistência médica às pessoas que se deslocam para a peregrinação da Muxima.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Exemplar sobre prevenção da cólera para serem distribuidos aos peregrinos

Foto: Divulgação

Assistentes à peregrinação à Muxima (Arquivo)

Foto: Clemente dos Santos

Segundo Rosa Bessa, directora do Gabinete provincial da saúde Luanda, coordenadora do grupo, entre os médicos estarão especilaistas de pediatria, obstetrícia e ginecologia, medicina geral, cardiologia, estomatologia, urologia, cirurgia, oftamologia, dermatologia, cuidados intensivos, epidemiologista, técnicos de diagnósticos e terapêuticos e farmacêuticos.

A assistência aos necessitados será efectuada no Santuário da Muxima e no hospital municipal da Quiçama, com o apoio de técnicos dos municípios de Icolo e Bengo, Viana, Cacuaco, Cazenga, Rangel, bem como os serviços do INEMA, Polícia e Bombeiros.

Assim, serão colocados postos fixos à volta do santuário, para assegurar a assistência médica e medicamentosa aos peregrinos que estarão na  peregrinação da nossa Senhora da Conceição da Muxima, no Município da Quiçama, nos dias 01 e 02 de Setembro de 2018.

No local, serão instalados vários postos de assistência médica, onde a população beneficiará, gratuitamente, do primeiro tratamento das doenças diagnosticadas e, em caso de gravidade, o doente deverá ser encaminhado para unidades hospitalares especializadas de situações complexas.

Durante a peregrinação, serão distribuídos material informativo e promovidas acções de educação/prevenção de saúde e rastreio de doenças da pele mais frequentes na comunidade

De salientar, que a população vai também receber, gratuitamente, sabão para o reforço da higiene pessoal, como lavar as mãos antes de manusear os alimentos e tomar banho, para fazer face a possíveis casos de cólera.

Assuntos Serviços de saúde  

Leia também
  • 04/02/2019 06:38:08

    Uíge com serviço de tele-medicina

    Uíge - A província do Uíge vai ter, muito brevemente, alguns pontos de serviço de tele-medicina para assistir pacientes, atendendo a falta de médicos especialistas em certas áreas da medicina, anunciou domingo, nesta cidade, a ministra da Saúde, Sílvia Lutukuta.

  • 31/01/2019 11:05:50

    Luanda intensifica luta contra vector da malária

    Luanda - O Governo Provincial de Luanda vai, de 5 a 28 de Fevereiro, intensificar a luta anti-vectorial da malária em todos os municípios da capital angolana, para reduzir o impacto da doença na população.

  • 30/01/2019 11:15:32

    Hospital do Soyo sem serviços de cardiologia e ortopedia

    Soyo - Os serviços de cardiologia e ortopedia no hospital municipal do Soyo, província do Zaire, encontram-se paralisados há mais de um ano por falta de médicos.

  • 27/01/2019 02:03:01

    Cunene com 206 novos técnicos de saúde

    Ondjiva - Duzentos e seis técnicos médios de enfermagem, análises clínicas, farmácia e fisioterapia, formados na Escola Técnica de Saúde de Ondjiva, província do Cunene, receberam sábado, nesta cidade, os seus certificados de fim de curso.