Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

04 Setembro de 2018 | 13h21 - Actualizado em 04 Setembro de 2018 | 13h21

Inema atende mais de 600 doentes durante a peregrinação

Luanda - Seicentos e 93 doentes foram atendidos, pelo Instituto Nacional de Emergências Médicas (Inema), durante a peregrinação ao Santuário da Muxima, que aconteceu nos dias 1 e 2 deste mês, em Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Posto avançado do Inema

Foto: amélia oliveira

Do total, 166 homens e 527 mulheres, apresentaram como sintomas relevantes cefaleias (260), hipertensao arterial (77), doenças diarreícas (88), dores abdominais (78), sindromes febris (17), entre outros.

Foram igualmente atendidos 15 ferimentos e transferidas 20 pessoas para o hospital municipal de Cacuaco.

Os casos que mereceram maior atenção e foram transferidos foram picada de escorpião (1), metrorragias (1), vómitos e astenia (4), sindrome vertiginosa (2), ferimentos (3), alergia (1), sindrome febril (3), aborto espontâneo (1), desmaios (3) e luxação (1).

Estas pessoas foram atendidas no hospital de campanha móvel e no posto médico avançado localizados no local da peregrinação, para atender todos os casos emergentes.

Em declarações à Angop, António Neto, chefe da emissão do grupo do Inema, disse que os postos que foram montados em Catete, Galinda (entre Cabuledo e a Muxima), Ramiros, Cabala e nas proximidades do rio longa não registaram nenhum acidente rodoviário entre as pessoas que se dirigiram à peregrinação.

A peregrinação é uma organização da Diocese de Viana, em colaboração com o Governo Provincial de Luanda (GPL).

Sob o lema ”Jovens com Maria, caminhemos hoje ao encontro de Cristo”, a peregrinação contou com mais de um milhão de peregrinos.

Assuntos Doença  

Leia também
  • 29/08/2018 16:02:01

    Mais de 100 cidadãos morrem de má nutrição no Bié

    Cuito - Cento e sessenta e quatro cidadãos morreram, de Janeiro até a presente data, vítimas de má nutrição nos Centros Nutricionais Terapêuticos (CNT), na província do Bié.

  • 20/08/2018 12:19:46

    Angola sem caso suspeito de ébola

    Luanda - Angola e a República Democrática do Congo (RDC) partilham uma extensa fronteira territorial e registam um intenso fluxo migratório das duas partes, mas, até ao momento, não notificou nenhum doente nem caso suspeito de ébola, mas aconselha-se os cidadãos a não consumir carne de animais encontrados mortos.

  • 18/08/2018 02:31:10

    Realizada campanha de rastreio da Shistosomíase em Cacuaco

    Luanda - Uma equipa de técnicos da saúde trabalhou, na quinta e sexta-feira, na comuna da Kilunda, município de Cacuaco, na campanha de rastreio da Shistosomíase, no âmbito do Programa do Governo Provincial "Saúde Luanda 20 -22".