Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

09 Janeiro de 2019 | 18h50 - Actualizado em 09 Janeiro de 2019 | 19h58

Cinco pessoas morrem por falta de sangue no Cuito

Cuito - Cinco pessoas morreram no Hospital Geral da província do Bié, localizado na cidade do Cuito, nos primeiros nove dias deste ano por falta de sangue informou hoje, quarta-feira, à Angop, a chefe de secção da Hemoterapia da instituição, Felisberta Bundo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Sem avançar dados comparativos com o igual período anterior, a responsável disse que entre as nove pessoas vítimas mortais constam duas crianças menores de cinco anos, que padeciam de anemia.

Salientou que o Hospital Geral da província do Bié carece de todo tipo de sangue para ajudar a salvar vida dos pacientes.

Referiu que a falta de dadores voluntários na região está a provocar rotura das reservas de sangue do hospital, facto que tem preocupado e dificultado o trabalho dos técnicos da secção da Hemoterapia da instituição sanitária.

"Muitas das vezes, temos recorridos aos familiares para darem o sangue para serem feitas as transfusões aos pacientes", contou.

Assuntos Província » Bié   Sociedade  

Leia também
  • 08/01/2019 11:38:58

    Administração de Camacupa com mais de 88 milhões de kwanzas para medicamentos

    Camacupa - Oitenta e oito milhões 149 mil e 29 Kwanzas é o valor que Administração de Camacupa, a 82 quilómetros a Leste da cidade do Cuito (Bié), prevê gastar para a compra de medicamentos e material gastável, para melhorar o atendimento dos enfermos nas unidades sanitárias.

  • 08/01/2019 05:09:59

    Campanha "Nascer Livre para Brilhar" lançada no Bié

    Cuito - A campanha denominada "Nascer Livre para Brilhar", que visa eliminar a transmissão da doença do VIH de mãe para o filho foi lançada segunda-feira, na Cuito (Bié) pela esposa do governador da província, Catarina Alfredo.

  • 04/01/2019 16:15:57

    Raiva mata mais de trinta pessoas no Bié

    Cuito - Trinta e seis pessoas morreram de raiva na província do Bié, em 2018, mais 22 óbitos em relação a 2017, informou hoje, sexta-feira, na cidade do Cuito, o director do Gabinete da Saúde da região, João Cacungula.