Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

21 Fevereiro de 2019 | 03h13 - Actualizado em 21 Fevereiro de 2019 | 03h13

Hospital do município do Cunhinga carece de sangue

Cunhinga - O serviço de hemoterapia do Hospital Missionário do Vouga, no município do Cunhinga, província do Bié, está há 45 dias sem sangue, devido a rotura de stock provocada pelas inúmeras transfusões feitas nesta unidade de saúde disse, quarta-feira, o director da instituição, Pedro Mango.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à Angop, sobre o funcionamento da instituição, o responsável informou que, entre os meses de Dezembro de 2018 e Janeiro deste ano, o Hospital do Vouga  realizou cerca de 50 transfusões de sangue diárias, contra as 20 do igual período anteriores, a pacientes do Cunhinga, Andulo, Cuito e Nhârea (Bié), além de doentes oriundos da província do Huambo.

O director do hospital sublinhou que o excesso de transfusões, aliada à falta de dadores, provocou a rotura do stock de sangue do serviço de hemoterapia desta unidade sanitária.

Fez saber que os pacientes com necessidade de transfusão de sangue estão a ser transportados para o Hospital Central do Bié, na cidade do Cuito, e outros beneficiam de sangue doado pelos seus familiares.

Para fazer face à situação, Pedro Mango referiu que a Direcção Municipal da Saúde de Cunhinga e a Igreja Católica estão a preparar, para os próximos dias, uma campanha no sentido de sensibilizar e mobilizar a população a doar sangue para ajudar a salvar vidas, principalmente de crianças e mulheres grávidas, no Hospital do Vouga.

Em 2018 o hospital beneficiou de mais de mil bolsas de sangue doadas por voluntários de várias organizações locais.

O Hospital do Vouge, fundado em 1954 pelo padre Manuel Garcia, foi reinaugurado pelo governo da província do Bié em 2016 e contempla os serviços de medicina, cirurgia, ortopedia, banco de urgência, laboratório de análises clínicas, puericultura, estomatologia, hemoterapia e consultas externas.

O hospital, afecto à Igreja Católica, tem uma capacidade para 300 camas.

Assuntos Doação   Província » Bié  

Leia também
  • 20/02/2019 03:39:49

    Pessoal médico selecionado do último concurso tem residências no Bié

    Cuito - O Governo do Bié (Centro de Angola) disponibilizou 14 casas para alojar os catorze médicos seleccionados do último concurso público, anunciou, o director do gabinete provincial da Saúde, João Campos.

  • 19/02/2019 16:35:53

    Município do Cuito com cinquenta e quatro novos casos VIH/SIDA

    Cuito - Cinquenta e quatro novos casos positivos de VIH/SIDA foram diagnosticados no município do Cuito, capital da província do Bié, durante o mês de Janeiro deste ano, mais dez em relação ao igual período de 2018.

  • 15/02/2019 18:26:22

    Empresa americana doa medicamentos na Matala

    Matala - Um lote de medicamentos para prevenção e tratamento do VIH/SIDA e tuberculose, respectivamente, foi doado hoje, sexta-feira, pela empresa americana General Eléctric à Direccão Municipal da Saúde da Matala, província da Huíla, no âmbito de um programa da Organização Não Governamental (ONG) Africare.