Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

28 Fevereiro de 2019 | 17h36 - Actualizado em 28 Fevereiro de 2019 | 17h35

Minsa busca parceria portuguesa para Hospital Geral do Cuando Cubango

Menongue - Os governos de Angola e de Portugal procuram mecanismos para, no âmbito da cooperação bilateral no domínio da saúde, dotar o Hospital Geral do Cuando Cubango de médicos de diversas especialidades, avançou nesta quinta-feira, em Menongue, o secretário de Estado para a área hospitalar, Leonardo Europeu Inocêncio.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A intenção é potencializar os serviços em especialidade como cirurgia cardíaca, neurocirurgia, ortopedia, ginecologia, oftalmologia, entre outras áreas, com vista a responder a demanda da Junta Nacional de Saúde.

De acordo com o responsável, que falava à imprensa no final de uma visita de trabalho conjunto com uma delegação de saúde de Portugal, no âmbito da cooperação entre os dois países, pretende-se dotar a referida unidade hospitalar de recursos humanos e equipamentos técnicos para que possa passar a receber pacientes com junta médica.

Leonardo Inocêncio lamentou o facto de existir um hospital devidamente equipado, mas por falta de recursos humanos especializados, em certas áreas, não atende pacientes, obrigando a evacuação para as províncias mais próximas do Cuando Cubango, mesmo em estado de gravidade e com risco de vida.

 “Queremos, depois do levantamento, potencializar, com recursos humanos mais diferenciados, que, em algum momento, possam fazer cirurgia de alta complexidade, nomeadamente a cardíaca, oftalmologia, que têm provocado evacuações para o Huambo”, frisou.

Bento Francisco Xavier, governador em exercício, assegurou que o governo provincial está aberto para todas as iniciativas do Ministério da Saúde, que sirvam para se reverter o quadro actual, através da concretização do projecto em referência.

Portugal defende sustentabilidade do hospital

A chefe de Divisão de Cooperação de Prevenção das Relações Internacionais da Direcção-Geral da Saúde de Portugal, Ana Correia, referiu que o Hospital Geral tem todas as condições para ser um centro de atendimento de pacientes de várias províncias, incluindo de países fronteiriços.

A responsável reiterou a necessidade de se pensar na sustentabilidade da unidade hospital, que tem hardware completo, faltando o software, os recursos humanos, como especialistas.

  

Leia também
  • 27/02/2019 17:49:21

    Sete unidades hospitalares garantem assistência no Cuangar

    Menongue - Dois centros médicos e cinco postos de saúde são as unidades hospitalares que garantem, actualmente, atendimento à população do município do Cuangar, fronteiriço com a Namíbia, situado a mais de 200 quilómetros a sudeste de Menongue, capital do Cuando Cubango.

  • 22/02/2019 07:03:38

    Jovens religiosos doam sangue no hospital central

    Cuito - Cinquenta jovens de diversas instituições religiosas, na província do Bié, doaram quinta-feira sangue na secção da hemoterapia do Hospital Central, no quadro do programa de apoio social da Brigada dos Jovens Solidários, nesta parcela do país.

  • 21/02/2019 13:54:59

    Falta de equipamentos condiciona Hospital Geral do Bié

    Cuito - A paralisação dos serviços de TAC, Fluoroscopia, Raio X e a degradação da infra-estrutura hospitalar estão a condicionar o funcionamento do Hospital Geral do Bié, afirmou, nesta quinta-feira, na cidade do Cuito, o seu director-geral, Miguel Luís Cabaça.