Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

27 Fevereiro de 2019 | 17h49 - Actualizado em 27 Fevereiro de 2019 | 17h48

Sete unidades hospitalares garantem assistência no Cuangar

Menongue - Dois centros médicos e cinco postos de saúde são as unidades hospitalares que garantem, actualmente, atendimento à população do município do Cuangar, fronteiriço com a Namíbia, situado a mais de 200 quilómetros a sudeste de Menongue, capital do Cuando Cubango.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Dos dois centros, um está na sede do Cuangar e outro na comuna do Bondo Caila, a 30 quilómetros da sede da vila deste município, enquanto os postos estão espalhados nos cincos sectores da circunscrição.

O centro da sede do Cuangar tem 22 camas e o da Caila com nove (9) camas. Já o posto de saúde da comuna do Savate, o único com essa capacidade, tem 16 camas, sendo os restantes têm apenas quatro camas, cada um.

O município do Cuangar conta apenas com 25 enfermeiros, sendo que os dois médicos angolanos abandonaram o trabalho por razões laborais, técnicas e atraso de cabimentação financeira de horas acrescidas, há mais de três meses.

A informação foi avançada, nesta quarta-feira, pelo director do gabinete municipal da saúde, Fernando Mendes, indicando as disenterias, por consumo de água algumas vezes não tratada, pneumonias (mas que não provocaram mortes hospitalares até ao momento, simplesmente duas extra-hospitalares).

Informou que o posto de saúde da sede é o único que possui laboratório de análise clínicas e uma sala de partos.

Para satisfazer às necessidades, o município do Cuangar carece de mais 50 novos enfermeiros, para além de oito médicos especializados em clínica-geral, pediatria, essencialmente, recursos que devem ser disponibilizados em função do concurso público e das prioridades do sector local.

A localidade necessita igualmente de um hospital municipal, uma ambulância  e a conclusão das obras de um centro médico.

A municipalidade conta com uma população estimada em mais de 28 mil habitantes.

Leia também
  • 22/02/2019 07:03:38

    Jovens religiosos doam sangue no hospital central

    Cuito - Cinquenta jovens de diversas instituições religiosas, na província do Bié, doaram quinta-feira sangue na secção da hemoterapia do Hospital Central, no quadro do programa de apoio social da Brigada dos Jovens Solidários, nesta parcela do país.

  • 21/02/2019 13:54:59

    Falta de equipamentos condiciona Hospital Geral do Bié

    Cuito - A paralisação dos serviços de TAC, Fluoroscopia, Raio X e a degradação da infra-estrutura hospitalar estão a condicionar o funcionamento do Hospital Geral do Bié, afirmou, nesta quinta-feira, na cidade do Cuito, o seu director-geral, Miguel Luís Cabaça.

  • 20/02/2019 06:32:45

    Traçadas medidas de prevenção contra malária no Cuando Cubango

    Menongue - O sector da saúde no Cuando Cubango vai continuar com métodos preventivos contra a malária, como fumegação, pulverização intra-domiliciar, distribuição e uso de redes mosquiteiros tratadas com insecticidas de longa duração.