Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

24 Abril de 2019 | 13h28 - Actualizado em 24 Abril de 2019 | 13h28

Moxico regista redução de óbitos por malária

Luena - Sessenta e oito pessoas morreram por malária durante o primeiro trimestre deste ano na província do Moxico, menos 122 óbitos em comparação com igual período anterior, informou o supervisor provincial do programa da malária, Elias Pereira Alfredo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Reduzem óbitos por malária no primeiro trimestre

Foto: David Dias


Em declarações hoje (quarta-feira) à Angop a propósito do Dia do Combate à Malária, a assinalar-se nesta quint-feira, o responsável explicou que administrativamente os municípios do Moxico (sede) e da Cameia lideram a lista de óbitos, com 14 casos cada, seguido do Alto Zambeze com (12).

Com seis mil 420 ocorrências, o município sede mantém taxas altas de registos da malária, seguido do Alto-Zambeze (3.454) e Lumege Cameia (2.572), indicou o supervisor provincial.

Apontou que no referido período, o programa registou 47 mil 151 casos de malária, contra 69 mil e 380 do homólogo período de 2018, dos quais mil e 290 foram diagnosticados em gestantes.

Apesar de ter registado uma diminuição significativa de casos da patologia, considerou preocupante a situação, a julgar pelo lema deste ano decretado no combate da doença “Zero malária começa comigo”.
 
No mesmo período, o sector de saúde distribuiu três mil e 937 mosquiteiros a crianças menores de cinco anos de idade e mulheres grávidas em consultas de rotina.
 
Na mesma senda, as instituições sanitárias promovem acções de fumigação, pulverização intra e extra- domiciliar, destruição de criadeiros de mosquitos, entre outras acções educativas, informativas e de sensibilização da população sobre o saneamento básico.
 

Assuntos Província » Moxico   Saúde  

Leia também