Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

17 Maio de 2019 | 15h47 - Actualizado em 17 Maio de 2019 | 15h46

Ministra enaltece sentido de estado da missão humanitária

Luanda - A ministra da Saúde, Silva Lutucuta, enalteceu, nesta sexta-feira, a forma solidária, disciplinada, abnegada, o espírito de entrega e irmandade dos membros da missão de ajuda humanitária de Angola que, durante 40 dias, prestaram apoio à população da Beira (Moçambique) afectada pelo ciclone IDAI.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Cerimónia de homenagem aos membros da Missão Humanitária a Moçambique

Foto: NELSON MALAMBA

A missão angolana foi constituída por 128 efectivos civis e militares, entre os quais médicos, enfermeiros, técnicos de laboratórios, epidemiologistas, que desenvolveu durante a fase de emergência e pós emergência varias actividades nos distritos do Dondo e Beira sede.

A ministra, que falava na cerimónia de homenagem aos membros da missão, afirmou que o seu trabalho foi desenvolvido com sentido de estado, representando condignamente os angolanos.

De acordo com Sílvia Lutucuta, o gesto fraterno para com o povo irmão de Moçambique falou mais alto, por ser a principal evidência da solidariedade, amor ao próximo e de construção de uma sala na escola da vida, com eterno aprendizado.

A missão desenvolveu, entre outras acções, a reabilitação e apetrechamento do centro de saúde do Dondo, assistência médico-sanitária às populações afectadas, tendo no final oferecido uma ambulância a direcção da unidade hospitalar.

O Governo Angolano disponibilizou meios aéreos e terrestres para apoiar as populações da calamidade do Ciclone Idai, bem como alimentos e outros equipamentos.

 Os helicópteros realizaram mais de 70 voos estabelecendo pontes de reabastecimento alimentar e meios as comunidades longínquas.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 17/05/2019 13:18:17

    Especialista aponta stress como factor da hipertensão

    Luanda - O stress prolongado e a alimentação desregrada são factores propensos ao surgimento de casos de hipertensão arterial, tanto em Angola como no mundo, afirmou hoje, sexta-feira, em Luanda, o médico cardiologista Romeu Aguiar.

  • 05/11/2018 15:05:14

    Ministério da Saúde lança serviço de telemedicina

    Luanda - O Ministério da Saúde, em parceria com o Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, lança nesta terça-feira, 6, na provincia do Hambo, o serviço de telemedicina.

  • 23/10/2018 03:46:22

    Governador enaltece memorando transfronteiriço Angola/Namíbia

    Ondjiva - O memorando transfronteiriço de saúde entre Angola e Namíbia, em curso desde 2011, atingiu níveis satisfatório com implementação de postos para testagem e tratamento da malária, avançou segunda-feira o governador da província do Cunene, Virgílio Tyova.