Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

14 Maio de 2019 | 12h46 - Actualizado em 14 Maio de 2019 | 13h01

Saúde regista redução de mortes por malária no Soyo

Soyo - As campanhas de combate aos focos de lixo e águas paradas contribuíram para a redução do número de mortes por malária, no primeiro trimestre deste ano, no município do Soyo, província do Zaire.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Dados do sector da saúde a que a Angop teve acesso, indicam que no período em causa foram registados 22 mortes, contra as 36 contabilizadas no mesmo tempo, em 2018.

As campanhas têm como principais focos os locais onde se reproduzem as larvas dos mosquitos, bem como o aconselhamento da população para o uso de mosquiteiros impregnados com insecticida.

O índice de prevalência desta doença também diminiuiu, no período em análise, para seis mil e 133 novos casos registados, contra os sete mil e 424 notificados, no primeiro trimestre do ano transacto,

Segundo o administrador municipal adjunto do Soyo, José Suka, que falava na abertura do seminário de capacitação de Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário(ADECOS) dos seis municípios da província sobre plataforma da gestão de dados de malária, a faixa etária do zero aos 14 anos de idade continua a ser a mais atingida com a enfermidade.

O responsável destacou ainda o trabalho desenvolvido pelos ADECOS no município, consubstanciado na identificação de focos da doença nas comunidades.

O seminário de capacitação terá a duração de três dias e nele participam 39 agentes sanitários do Soyo, Mbanza Kongo, Cuimba, Nzeto, Nóqui e Tomboco.

O município do Soyo conta com uma população estimada em 227 mil e 175 habitantes.

A malária é uma doença infecciosa febril aguda, causada por protozoários transmitidos pela fêmea infectada do mosquito Anopheles.

Entre os sintomas da doença destacam-se a febre alta, calafrios, tremores, dor de cabeça, entre outros.

Assuntos Malária   Província » Zaire  

Leia também
  • 14/05/2019 11:13:19

    Agentes sanitários do Zaire actualizam noções sobre gestão da malária

    Soyo- Trinta e nove Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário (ADECOs) dos municípios do Soyo, Mbanza Kongo, Nzeto, Cuimba e Nóqui, na província do Zaire, participam desde hoje (terça-feira), num seminário de capacitação sobre plataforma da gestão de dados de casos simples de malária.

  • 12/05/2019 15:25:31

    Autoridades lançam campanha de prevenção da malária na Huílla

    Lubango - A Direcção de Saúde Pública na Huíla iniciou hoje, quarta-feira, no Lubango, uma campanha de prevenção da Malária em época de chuva, com a implementação de palestras de sensibilização da população, nas principais unidades sanitárias da província e a eliminação de focos de lixo.

  • 05/11/2018 17:55:17

    Hospital Pediátrico de Menongue regista 90 mortes em sete meses

    Menongue - O Hospital Pediátrico de Menongue, sede capital do Cuando Cubango, registou, de Janeiro a Setembro do ano em curso, 90 mortes por diversas patologias, com destaque para malária, contra 113 do igual período anterior de 2017.