Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

24 Maio de 2019 | 19h17 - Actualizado em 24 Maio de 2019 | 19h16

Casos de morte por tuberculose aumentam no Namibe

Moçâmedes -Trinta pessoas morreram no primeiro trimestre deste ano curso vítimas de tuberculose na província do Namibe, contra os 14 óbitos registados no mesmo período em 2018.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Esse dado foi avançado hoje, sexta-feira, à Angop, na cidade de Moçâmedes, pelo supervisor provincial do Programa de Luta Contra a Tuberculose do Namibe, Sebastião Teles, tendo referido que estão a receber tratamento nos hospitais locais mil e 73 pacientes com tuberculose.

Fez saber que durante os primeiros três meses do ano, o sector da Saúde do Namibe registou ainda 490 casos novos de tuberculose, 182 casos de resistência da patologia, 78 recaídas, 99 reaparecimento da enfermidade e 58 situações de doentes que abandonaram o tratamento.

Disse que, para reduzir o número de casos de tuberculose na região, o sector da Saúde tem realizado campanhas de sensibilização nas comunidades sobre as formas de prevenção e tratamento da doença.

"Temos apelado à população ter uma alimentação saudável, a evitar o consumo de bebidas alcoólicas e o cigarro, agasalhar-se bem, principalmente na época de frio, entre outras medidas para evitar está doença", ressaltou.

Anunciou que o sector da Saúde prevê nos próximos tempos expandir os serviços de diagnóstico da tuberculose em toda extensão da província do Namibe.

Neste momento, precisou, apenas os municípios de Moçâmedes, Virei e Bibala possuem condições para o  tratamento e diagnostico da doença, faltando o Camucuio e Tômbua.  

Segundo o responsável, o município de Moçâmedes é o mais afectado pela doença, seguido pelo Tômbua e Bibala.

Assuntos Província » Namibe  

Leia também