Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

10 Junho de 2019 | 17h29 - Actualizado em 10 Junho de 2019 | 17h29

Comunidades no Kilamba Kiaxi em condições precárias - directora da Saúde

Luanda - As comunidades do município do Kilamba Kiaxi, em Luanda, principalmente as do distrito do Golfe, vivem em condições sanitárias precárias, disse a directora municipal da saúde, Josefa Costa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

De acordo com a médica, a situação é muito mais preocupante nos bairros Malanjinos, Rasta, Bala-Bala, Katinton e imediações da Fábrica de Lixo, onde as valas de drenagem passam ao longo e no interior das residências.

A Direcção da Saúde constactou que muitas vezes os pais não cumprem com o calendário vacinal, deixando centenas de criança por vacinar.

No mês de Março, prosseguiu, o Kilamba Kiaxi registou um surto de diarreia em crianças, maioritariamente dos zero aos dois anos não vacinadas.

Para minorar a situação foram criadas Brigadas de luta contra à malária e para doenças diarreicas agudas, que trabalham junto das comunidades na transmissão de informações sobre estas patologias e onde se devem dirigir em caso de doença.

Deu a conhecer que a instituição tem programas permanentes que leva ao conhecimento das comunidades sobre a prevenção da malária e doenças diarreicas, que são as mais frequentes no município.  

Lamentou o facto de no Kilamba Kiaxi existirem munícipes que consomem água não tratada e alguns, como os dos bairros Rasta e Malanjino, usarem água de esgotos para uso doméstico e higiene pessoal,

Informou que técnicos da Direcção da Saúde deslocam-se com frequência para estes bairros para conversar com os moradores, líderes comunitários e religiosos no sentido de reverter o quadro.  

Informou que a Direcção da Saúde, em colaboração com a administração local tem realizado Feiras de Saúde e palestra para prevenção de doenças nas comunidades.

Além de palestras, a Brigada de Luta Anti-vectorial realiza a fumigação intra e extra domiciliar, distribuição de Bactiv para o combate e control anti larval, assim como de panfletos e de mosquiteiros, raticida e de hipoclorito de sódio para a desinfectação da água.

O Distrito Urbano do Golfe tem uma extensão de 14 mil quilómetros quadrados e cerca de 650 mil habitantes.

Leia também