Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

16 Julho de 2019 | 15h34 - Actualizado em 16 Julho de 2019 | 15h34

Bebé nasce com abdómen aberto

Ndalatando - Uma cidadã de 19 anos de idade deu a luz a um bebé com abdómem aberto e intestinos expostos, segunda-feira, no Hospital Provincial Materno Infantil do Cuanza Norte, localizado na cidade de Ndalatando.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Essa informação foi avançada hoje, terça-feira, à imprensa pelo director clínico do Hospital Provincial Materno Infantil do Cuanza Norte, Fidel Hebo, tendo explicado que o bebé nasceu com malformação congénita conhecida como gastrosquise, que é caracterizada por anomalia da parede abdominal.

"Trata-se de abertura nos músculos e na pele da parede abdominal que permite que os intestinos e outros órgãos abdominais fiquem expostos", detalhou.

Fez saber que o bebé e sua mãe foram transferidos para uma unidade de saúde de Luanda com melhores condições técnicas, para um acompanhamento médico mais especializado e eficaz.

Disse que o bebé pesa cerca de dois quilogramas, nasceu de parto normal e não corre perigo de vida.

Segundo o especialista, a malformação congénita pode ter como causas o uso de fármacos inadequados, a não realização das consultas pré-natais, a falta de vacinação durante a gestação, entre outros factores.

Este é o terceiro caso de bebé que nasce com malformação congénita em menos de dois meses naquela unidade sanitária.

Vocacionado para o atendimento médico de crianças e mulheres grávidas, o Hospital Materno-infantil do Cuanza Norte comporta 149 camas e conta com 170 funcionários, entre enfermeiros, parteiras e médicos, que atendem diariamente mais de 50 pacientes.

A unidade dispõe de serviços de pré-natal, ginecologia, obstetrícia, puericultura, pediatria, cirurgia, planeamento familiar, entre outras especialidades.

Leia também
  • 06/07/2019 10:15:27

    Cuanza Norte: Hospital Provincial Materno Infantil reduz mortalidade materna

    Ndalatando- A redução da morte materna, fruto da revitalização dos sistemas de referência do atendimento obstétrico e neo-natal, constitui um dos principais ganhos do sector da Saúde, no domínio da assistência materno infantil, nos últimos três anos, na província do Cuanza Norte.

  • 25/06/2019 14:37:56

    Hemoterapia do Cuanza Norte carece de dadores permanentes

    Ndalatando - O centro de hemoterapia do hospital provincial do Cuanza Norte conta actualmente com dois dadores voluntários permanentes, facto que tem causado rotura constante das reservas de sangue e a dificultar o atendimento de casos de emergência, sobretudo ao nível do bloco operatório.

  • 18/06/2019 13:03:11

    Hemoterapia do hospital do Bié recebe bolsas de sangue

    Cuito - Quarenta e sete bolsas de sangue foram doadas hoje (terça-feira), a secção de hemoterapia do hospital provincial do Bié, no Cuito, por 82 fiéis das Igrejas Evangélica Congregacional em Angola (IECA) e Assembleia de Deus Pentecostes.