Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

20 Agosto de 2019 | 18h32 - Actualizado em 20 Agosto de 2019 | 18h31

Parteiras tradicionais do Dande beneficiam de formação

Caxito - Vinte parteiras tradicionais do município do Dande, província do Bengo, estão desde hoje, terça-feira, a ser capacitadas para realizarem partos seguros e contribuírem na redução da mortalidade materno-infantil.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Promovida pelo Secretariado Executivo Provincial da OMA do Bengo, o curso vai durar três dias nos quais as participantes estão abordar matérias como “Complicações durante o parto e reanimação”, “Prevenção da malária”, “Desparasitação”, “Anemia”, “Tétano”, “Condições no momento de parto” e a “Saída da placenta”.

Na ocasião, a parteira Luzia Tamba sugeriu a criação de postos de saúde para parteiras tradicionais em algumas comunidades com equipamentos necessários para realizarem serviço de parto.

Por sua vez, a secretária para os Assuntos Políticos, Económicos, Sociais e Eleitorais do Comité Provincial do MPLA do Bengo, Josefa José, defendeu a necessidade de melhorar-se, cada vez mais, o atendimento às mulheres grávidas, principalmente nas comunidades rurais, onde a informação e assistência sanitária ainda é deficitária.

Reconheceu a importância das parteiras tradicionais no atendimento psicológico e emocional das mulheres grávidas.

Essa acção formativa decorre sob o lema “Capacitar as mulheres para potenciar a saúde reprodutiva nas comunidades” e vai abranger outros municípios da província Bengo, cuja meta do programa é beneficiar 100 parteiras tradicionais.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também
  • 14/08/2019 21:40:40

    Bengo: Província regista aumento de casos de malária no 1º semestre

    Caxito - Cento e vinte e oito mil 662 casos de malária, dos quais 1.682 em mulheres grávidas, foram registados em diversas unidades sanitárias da província do Bengo de Janeiro a Junho deste ano, representando um aumento de 23 mil 886 casos, em relação a igual período anterior.

  • 18/07/2019 17:29:50

    Dezasseis crianças nascem livres do VIH/Sida no Bengo

    Caxito - Dezasseis crianças, cujas mães são seropositivas, nasceram livres do VIH/Sida nas unidades sanitárias da província do Bengo em 2018, no âmbito do Programa de Corte de Transmissão Vertical.

  • 16/07/2019 13:08:50

    Saúde quer melhorar combate as arboviroses

    Caxito - Vinte casos suspeitos de doenças arboviroses, dos quais 11 de dengue e nove de chicungunha, foram diagonisticados entre os meses de Janeiro a Abril do ano em curso nas unidades sanitárias da província do Bengo.