Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

11 Setembro de 2019 | 21h54 - Actualizado em 11 Setembro de 2019 | 21h53

Sector do Gove terá centro materno-infantil de referência

Caála - Um centro materno-infantil de referência, orçado em 376 milhões e 973 kwanzas, será construído a partir deste mês, no sector do Gove, município da Caála, a 118 quilómetros da cidade do Huambo, no quadro das políticas de expansão da rede sanitária e melhoria do atendimento médico e medicamentoso.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

As obras de construção da infra-estrutura, cujo auto de consignação foi testemunhado pelo vice-governador da província do Huambo para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, Leonardo Sapalo, terminam dentro de 12 meses e está inserida no Programa de Investimentos Públicos (PIP).

A unidade sanitária terá uma capacidade para internar 27 doentes, além de prestar serviços nas áreas de laboratório, consultório, farmacêutico, de enfermagem geral, pré-parto, pós-parto, de esterilização de material, de assistência aos recém-nascidos, além de salas de reuniões, refeitório, secretaria administrativa, morgue, gabinetes de direcção e outros indispensáveis para o normal funcionamento.

O centro materno-infantil encurtará a distância de 68 quilómetros percorrida diariamente pelos 38 mil e 620 habitantes desta localidade, em busca de cuidados médicos e medicamentosos, na sede comunal do Cuima.

Por este facto, o administrador do município da Caála, Francisco Jamba Kata, realçou que a construção da infra-estrutura visa, entre outros, aproximar os serviços de saúde junto da população, que constituiu uma das principais prioridades das autoridades.

Disse que o centro vai atender igualmente a população de aldeias circunvizinhas da província da Huíla, devendo, para o efeito, possuir equipamentos de ponta para atender os habitantes destas zonas, de forma eficiente e oportuna.

Com a construção deste empreendimento, o município da Caála, com três mil e 680 metros quadros de extensão territorial, onde vivem 331 mil e 23 habitantes, passará a contar com 31 unidades sanitárias, asseguradas por 447 trabalhadores, entre médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico terapêutico e outros profissionais indispensáveis no Sistema Nacional de Saúde.  

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 11/09/2019 17:26:42

    Mais de 290 mil crianças desparasitadas com albendazol

    Huambo - Duzentos e 94 mil e 679 crianças, dos cinco aos 15 anos de idade, dos municípios do Huambo e Longonjo, foram desparasitadas com albendazol, durante a campanha realizada em Junho deste ano, no âmbito do programa de combate as doenças tropicais negligenciadas (DTNS).

  • 30/08/2019 20:19:17

    Defendido maior envolvimento dos pais na campanha contra pólio

    Ecunha - O secretário de Estado do Interior, José Bamóquina Zau, defendeu hoje, sexta-feira, na vila municipal do Ucunha, 42 quilómetros da cidade do Huambo, um maior envolvimento dos pais e encarregados de educação na 2ª ronda da campanha de vacinação contra poliomielite.

  • 30/08/2019 10:48:57

    Aumenta número de bebés saudáveis nascidos de mães seropositivas

    Huambo - Cento e 18 bebés nasceram de mães seropositivas, entre Janeiro à presente data, na maternidade do Hospital Central do Huambo, por via do programa de corte de prevenção vertical, que impende a transmissão do vírus da Sida ao filho, um aumento de 12 partos em relação ao igual período de 2018.