Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

23 Setembro de 2019 | 15h28 - Actualizado em 23 Setembro de 2019 | 15h27

Saurimo regista diminuição em casos de Lepra

Saurimo - Dezasseis casos de lepra foram registados de Janeiro a Setembro deste ano na Lunda Sul, representando uma diminuição de dois casos comparativamente ao com igual período de 2018, soube hoje (segunda-feira) a Angop de fonte oficial.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à Angop em Saurimo, o chefe do centro da leprosaria do Camundambala, António Armando, disse que a diminuição deveu-se à intensificação de palestras nas comunidades, sobretudo em língua nacional tchokwe, bem como o engajamento das autoridades sanitárias na busca de pacientes ao domicílio.

António Armando fez saber que a lepra mais frequente entre as famílias é a multibacilar, cuja transmissão ocorre através de gotículas de salivas e secreções das vias respiratórias associado à falta de higiene.

Sublinhou que o  centro oferece tratamento ambulatório a doentes com lepra, tuberculose e outras enfermidades.

O responsável apontou como dificuldades a falta de transporte para os técnicos, ambulância, água potável, energia eléctrica, reabilitação das infra-estruturas, meios informáticos, mobiliários e vedação do centro para evitar a circulação de pessoas não autorizadas.

A doença pode não se manifestar por sintomas durante anos, enquanto vai se desenvolvendo granulomas nos nervos, órgão respiratórios, pele e olhos, originando a perda das extremidades dos dedos.

A  lepra caracteriza-se pelos sintomas nervosos e cutâneos, com o aparecimento de manchas no corpo, tubérculos e úlceras. Ela progride, lentamente, com uma média de período de incubação de três anos, pode afectar todas as idades e ambos os sexos e tem cura.

O centro que se situa a 10 quilómetros da cidade de Saurimo, conta com seis técnicos e tem capacidade para internar 22 pacientes, possuindo consultório médico, um quarto de banho e uma farmácia.

Leia também
  • 22/09/2019 10:15:42

    Malanje: Quinhentas pessoas assistidas na feira da saúde da Faculdade de Medicina

    Malanje - Pelo menos 500 pessoas, entre crianças e adultas, beneficiaram sábado, nesta cidade, de assistência médica gratuita, durante uma feira de saúde promovida pela Faculdade de Medicina de Malanje, afecta à Universidade Lueji A NKonde.

  • 20/09/2019 16:14:49

    Saúde promove campanha contra a pólio

    Luanda - O sector da saúde em coordenação com a Organização Mundial da Saúde (OMS) realiza a partir desta sexta-feira em algumas províncias do país uma campanha massiva de vacinação contra a pólio, com âmbito da acção de prevenção contra essa doença.

  • 19/09/2019 14:38:01

    Saúde no Zaire reforçada com novos técnicos

    Mbanza Kongo- Quarenta e seis novos técnicos de saúde, onde se inclui nove médicos, receberam, quarta-feira, em Mbanza Kongo, as guias de colocação no sector.