Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

10 Outubro de 2019 | 14h48 - Actualizado em 10 Outubro de 2019 | 14h48

Fometra trabalha na organização dos naturopatas

Benguela - O presidente do Fórum de Medicina Tradicional (Fometra) em Benguela, Mário Kito, disse, esta quinta-feira, que a instituição está a registar e licenciar os profissionais desta classe, em colaboração com as autoridades sanitárias, para se conferir maior credibilidade a esse processo de cura.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Exposição de Medicamentos Tradicionais (naturais)

Foto: Clemente dos Santos

O responsável, que falava por ocasião do Dia Mundial da Saúde Mental, que hoje se assinala, informou que está em curso em todo país o processo de licenciamento dos naturopatas, distribuidores de medicamentos naturais e feirantes.

Mário Kito disse que a acção visa garantir que os médicos naturopatas possam exercer legalmente a sua actividade e com a atribuição de um certificado pela Inspecção da Saúde.

Segundo o presidente, existem centros, clínicas, postos e ervanárias tradicionais que não possuem qualquer documento que os autorize a realizar a cura através de medicamentos naturais, dai a necessidade de todos aderirem ao projecto.

“ A não certificação desses terapeutas tem sido a grande preocupação do fórum”, disse Mário Kito, afirmando que dada a pertinência do assunto, o Fometra pretende, junto da Inspecção da Saúde, legalizar esses profissionais que muito têm contribuído na melhoria da saúde pública.  

A formação dos naturopatas, uniformização dos processos de cura e uniformização da dosagem dos medicamentos, evitando-se casos de intoxicação, são outros dos objectivos do Fometra.

“Existem casos em que os doentes ficam internados mais de seis meses a receber medicação de forma desregrada, o que tem levado algumas vezes os pacientes a serem transportados para os hospitais em estado grave”, admitiu.

Para si, é importante que o naturopata esteja legalizado para exercer a sua actividade sem atropelos e possa ganhar o respeito e valorização dos cidadãos.

O Fometra controla 500 médicos naturopatas a nível da província de Benguela e cerca de 200 doentes mentais que recebem assistência.

O consumo exagerado de bebidas alcoólicas e de drogas pesadas, além de outros factores, estão na base de vários problemas de saúde mental.

O Dia Mundial da Saúde Mental é celebrado a 10 de Outubro. Este dia visa chamar a atenção pública para a questão da saúde mental global e identificá-la como uma causa comum a todos os povos, ultrapassando barreiras nacionais, culturais, políticos ou sócio-económicas.

Combater o preconceito e o estigma à volta da saúde psicológica é outro dos objectivos do dia.

Esta data foi criada em 1992 pela Federação Mundial de Saúde Mental (World Federation for Mental Health).

Leia também
  • 08/10/2019 17:39:47

    Reduzem casos positivos de VIH-SIDA na Ganda

    Ganda - Quarenta e quatro casos positivos de VIH-Sida foram registados no primeiro semestre deste ano no município da Ganda, província de Benguela, menos 35 em relação a igual período anterior, informou hoje (terça-feira) a supervisora local do Programa de Saúde Pública, Felisbela Bastos.

  • 28/09/2019 18:44:34

    Feira da Saúde "Unitel" atende mais de dois mil pacientes em Balombo e Lobito

    Lobito - Dois mil seiscentos e vinte e nove pacientes, entre crianças e adultos, foram atendidos, de 24 a 27 deste mês, na Feira da Saúde realizada pela operadora de telefonia móvel Unitel, nos municípios do Balombo e Lobito, província de Benguela, apurou a Angop.

  • 23/09/2019 14:05:35

    Mais de 300 técnicos de saúde reforçam Benguela

    Benguela - Trezentos e cinquenta técnicos de saúde que vão reforçar as zonas periféricas do município de Benguela receberam, esta segunda-feira, as suas respectivas guias de colocação, durante uma cerimónia orientada pelo administrador local, Carlos Guardado.