Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

24 Janeiro de 2020 | 13h34 - Actualizado em 24 Janeiro de 2020 | 13h34

Autoridades reforçam sensibilização contra tuberculose

Saurimo - Trinta e oito pacientes com tuberculose abandonaram o tratamento da doença em 2019, na província da Lunda Sul, mais 10 em relação a igual período anterior, facto que levou as autoridades sanitárias a reforçarem, este ano, acções de formação dos técnicos e reforço das palestras, com vista a elucidar as pessoas sobre os perigos da doença.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Segundo o director do Hospital Sanatório, Félix Upale, em declarações hoje (sexta-feira), à Angop, o número de mortes é resultado de 470 pacientes testados, dos quais 127 positivo, o que resultou no internamento de 50 doentes, dos quais duas crianças.

Fez saber que os casos aumentam devido a má nutrição, dificuldades financeiras, transporte, o êxodo populacional do campo para a cidade, bem como o abandono do tratamento, para a busca da cura em curandeiros tradicionais, o que é reprovável.

Apelou a população a dirigir-se aos hospitais por disporem de condições necessárias para acomodação, assistência médica e alimentação regrada.

A província da Lunda Sul conta com 112 unidades sanitárias: hospitais, postos e centros de saúde, nos quais funcionam 788 especialistas, entre médicos, enfermeiros, técnicos de laboratório, funcionários administrativos e outros especialistas.

A tuberculose é uma doença infecto-contagiosa causada por uma bactéria que afecta principalmente os pulmões, mas também pode ocorrer em outros órgãos do corpo, como ossos e rins. O seu período de tratamento vai de seis a oito meses.

Leia também
  • 24/01/2020 12:39:59

    País mantém baixa prevalência de lepra

    Luanda - Apesar de o país ter registado 1.018 doentes com lepra em fase de tratamento durante o ano de 2019, a taxa de prevalência mantém-se baixa nos últimos 14 anos, menos de um caso por 10 mil habitantes (meta estipulada pelas Nações Unidas).

  • 23/01/2020 20:49:39

    Hospital de Cacuso precisa especialistas

    Cacuso - O Hospital Municipal de Cacuso, província de Malanje, carece de quatro técnicos para manusearem os equipamentos de Raio X e do bloco operatório, que se encontram inoperantes há algum tempo, informou hoje, quinta-feira, a directora da instituição, Cecília Domingos.

  • 23/01/2020 14:54:48

    Cazombo necessita de seis médicos especialistas

    Cazombo - Seis médicos especializados em pediatria, ortopedia, cirurgia, cuidados intensivos, anestesia e gineco-obstetra são necessários no município do Alto Zambeze, província do Moxico, para garantir a assistência médica e medicamentosa.