Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

19 Março de 2020 | 08h15 - Actualizado em 19 Março de 2020 | 08h21

Covid-19: Autoridades desmentem existência de caso positivo em Benguela

Benguela - A Comissão Multissectorial provincial contra o Covid-19 desmentiu, na quarta-feira, a existência de um suposto caso positivo do coronavírus, alegadamente um cidadão de nacionalidade chinesa que se encontra internado no Hospital Geral de Benguela.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Benguela: Director provincial da Saúde, António Cabinda

Foto: António Lourenço

A informação foi avançada pelo director do Gabinete provincial da Saúde, António Cabinda, que falava aos Jornalistas após uma visita efectuada pelo governador Rui Falcão àquela unidade sanitária, para constatar a veracidade das informações veiculadas nas redes sociais.

Segundo o responsável, trata-se de um cidadão chinês residente na província, que chegou a Angola a 15 de Janeiro, proveniente da China, (tendo escalado igualmente a Etiópia) e que apresentou inicialmente sinais de febre e dirigiu-se a uma unidade sanitária no bairro da Graça, onde lhe foi diagnosticado malária.

António Cabinda acrescentou que, depois de três dias, apresentou um quadro com dificuldades respiratórias e foi-lhe diagnosticado também pneumonia.

O director adiantou que o paciente não tem perfil clínico nem epidemiológico ligado ao coronavírus (cuja incubação é de quatro a 14 dias), sendo que o mesmo já se encontra no país há 50 dias e, neste momento, nos cuidados intensivos.

“A província continua até o momento sem casos da pandemia do coronavírus e as autoridades estão a trabalhar activamente em acções preventivas, no sentido de salvaguardar o bem-estar da população”, disse o também médico.

Fez saber, por outro lado, que, a Comissão Multissectorial provincial contra o Covid-19 já trabalha na criação de um centro para quarentena.

Quanto às falsas notícias veiculadas nas redes sociais para criar pânico na população, António Cabinda tranquilizou a sociedade, ao mesmo tempo que aconselhou a seguirem as informações oficiais e acatarem as orientações de prevenção da doença.

Leia também
  • 19/03/2020 12:37:32

    COVID-19: Uíge conta com dois centros de quarentena

    Uíge - Dois centros de quarentena para testar cidadãos provenientes da vizinha República Democrática do Congo (RDC), país que já registou casos da doença, foram criados na quarta-feira, nos municípios de Maquela do Zombo e de Milunga, na província do Uíge, com vista a prevenir a infecção do Coronavírus (Covid-19).

  • 19/03/2020 12:34:06

    Covid-19: Saúde cria quatro centros de quarentena em dois municípios

    Soyo - Quatro centros de quarentena foram criados pelas autoridades sanitárias nos municípios do Soyo e Mbanza Kongo, província do Zaire, para fazer face aos eventuais casos de coronavírus (covid-19) que assolam o mundo.

  • 19/03/2020 12:15:14

    COVID-19: Munícipes aplaudem encerramento temporário de fronteiras

    Mbanza Kongo - Munícipes de Mbanza Kongo, província do Zaire, aplaudiram nesta quinta-feira as medidas tomadas pelo Governo angolano sobre o encerramento temporário de fronteiras terrestres para se evitar a propagação do coronavírus (covid-19) em território nacional.

  • 19/03/2020 08:47:55

    COVID-19: Tômbwa conta com centro de quarentena

    Tômbwa - A administração municipal do Tômbwa, em parceria com sector da Saúde, criou um centro de quarentena por forma a testar, num período de 15 dias, cidadãos provenientes das zonas fronteiriças como a comuna do Yona, vizinha República da Namibia, com vista a prevenir a infecção do Coronavírus (Covid-19).