Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

31 Março de 2020 | 14h16 - Actualizado em 31 Março de 2020 | 14h15

COVID-19: Prevenção "diversifica" opções

Luanda - Em obediência ao Decretro Presidencial sobre o Estado de Emergência, cidadãos das 18 províncias do país estão a adoptar diferentes formas de prevenção, embora alguns insistem em desacatar a ordem, sob pena de sentirem a "mão pesada" das forças da ordem.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Brigada motorizada da Polícia de Intervenção Rápida (PIR) atenta aos "malabaristas" face ao Covid-19

Foto: Angop

Entre opções, refúgios e obrigações, uns estão a cumprir o isolamento social em casa, outros nos centros de quarentena institucional, alguns em lavras, ao passo que os desobedientes das regras (entre trausentes e automobilistas) estão a ser mantidos em detenção coercisa.      

Zaire

 Alguns munícipes de Mbanza Kongo, província do Zaire, optaram por cumprir o isolamento social em lavras, como forma de se previnirem do novo Coronavírus (Covid-19) que assola o mundo, tendo até hoje infectado sete cidadãos angolanos, com dois óbitos e um recuperado.

Abordados, nesta segunda-feira pela Angop, a maioria afirmou que a decisão visa fazer face a uma eventual contaminação comunitária da pandemia e cumprir com o período de isolamento, no âmbito do Estado de Emergência (de 15 dias), em vigor desde o dia 27.

Namibe

Nesta província, o tribunal de Comarca de Moçâmedes condenou, na segunda-feira, cinco cidadãos nacionais, dos quais um do sexo feminino, por desobediência ao Decreto sobre o Estado de  Emergência, que visa a prevenção contra o Coronavirus.

Nesta audiência de julgamento sumário, foram condenados os cidadãos,Henriques António, Matrissa Jaime, Domingos Correia Victor, Domingos Mujanga e Angelina  Wando, a um mês de prisão correcional e multas  no valor de 11 mil e 200 kwanzas.

Por outro lado, mais de 150 "moto-táxis", vulgo kupapatas, que circulavam em desobediência ao Estado de Emergência, foram apreendidas pela Policia Nacional nos últimos dois dias, no municipio de Moçâmedes, no Namibe, com multas aos condutores.

Benguela

O Comando Provincial da Polícia Nacional em Benguela deteve nas últimas 24 horas (terminadas dia 30), preventivamente, 180 cidadãos por incumprimento das restrições do Estado de Emergência em vigor no país, colocando-os em liberdade depois de 12 horas de repreensão.

Enquanto detidos, foram sensibilizados sobre as medidas de prevenção da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) que assola o país e o mundo, bem como sobre o Estado de Emergência Nacional decretado pelo Presidente da República, João Lourenço.

Huíla

Cinquenta e seis viaturas Toyota Hiace em exercício de táxi  foram apreendidas no fim-de-semana, no Lubango, porque os seus condutores violaram o Decreto sobre o Estado de Emergência, que orienta a lotação máxima de um terço de passageiros na viatura.

De acordo com o director de comunicação institucional e imprensa do Ministério do Interior na Huila, Manuel Halaiwa, esses veículos estão parqueados no Comando Municipal da Polícia Nacional no Luabango, e só serão devolvidas aos proprietários no fim do vigor da medida.

Lunda Sul

A Polícia Nacional na província da Lunda Sul deteve no domingo, no município do Dala, o cidadão Angelino Massone André, de 34 anos de idade, pastor da Igreja Missão Evangélica Internacional Carismática, por desobediência.

Em declarações à ANGOP, o director do gabinete provincial de comunicação institucional e imprensa da Delegação do Interior, Florêncio de Almeida,  disse que acorporação recebeu uma denúncia dos citadinos de que a congregação religiosa estava a realizar cultos.

Bié

Os 125 cidadãos da província do Moxico, retidos há seis dias na comuna do Cunje, a sete quilómetros do Cuito (Bié), na sequência da entrada em vigor do Estado de Emergência, estão já a beneficiar do apoio Governo local, consubistanciados em bens alimentares e de higiene.

Em declarações à Angop, o porta-voz do grupo, Zito Augusto, explicou que as autoridades já providenciaram água potável, colchões, sabão e cobertores, aguardando-se a qualquer momento por reforço de mais bens de primeira necessidade como arroz, fuba de milho e óleo vegetal.

Bengo

Os efectivos do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros e da Polícia Nacional(PN) desdobraram-se nos mercados informais de Caxito em campanha de sensibilização sobre as medidas de prevenção do novo Coronavírus (Covid-19).

A campanha, encabeçada pelo delegado provincial do Interior e Comandante do Bengo da PN, comissário Delfim Kalulu Inácio, abarcou paragens de transportes públicos, estabelecimentos comerciais, ATM das agências bancárias em Caxito e na localidade do Panguila.

Lunda Norte

Dois centros para quarentena institucional e internamento de cidadãos que venham a ser diagnosticados com o novo Coronavírus (Covid-19), estão criados no município de Lucapa, 129 quilômetros da cidade do Dundo, na província da Lunda Norte.

O município do Lucapa é o epicentro de cidadãos em quarentena domiciliar (25) todos trabalhadores dos peojectos mineiros, dos quais 12 sul-africanos, seis irlandeses, igual número de portugueses e um angolano.

Por outro lado, o Governo da Lunda Norte reforçou, na segunda-feira, as unidades sanitárias com material de biossegurança, no âmbito das medidas de prevenção e contenção da propagação do Coronavírus (Covid-19).

Foram disponibilizados, em quantidades não especificadas, álcool etílico, mascaras respiratórias, batas descartáveis, álcool gel, fatos e toucas descartáveis, sacos de recolha de cadáveres e sapatos descartáveis.

Malanje

O governo da província de Malanje traçou um plano de distribuição de água por cisterna a hospitais, serviços penitenciários, esquadras policiais, unidades militares, lares de acolhimento e projectos habitacionais para garantir condições de prevenção do coronavírus (covid-19).

A informação vem expressa num comunicado saído da reunião da Comissão Técnica Provincial para dar resposta ao Covid-19, realizada na segunda-feira, onde se justifica que a iniciativa surge devido ao défice, actual, de distribuição de água potável à cidade de Malanje.

Huambo

A gestão do Hotel IU disponibilizou esta segunda-feira, ao Governo da província do Huambo, um total de 60 quartos para ajudar a acomodar cidadãos obrigados a cumprir quarentena institucional, em casos suspeitos da pandemia do Covid-19 (novo Coronavírus).

O acto de recepção dos imóveis foi testemunhado pela governadora local, Joana Lina, na qualidade de coordenadora da comissão de prevenção desta pandemia contagiosa.

Além deste local, o planalto central conta com os centros de Ecologia Tropical e Alterações Climáticas (CETAC), com 27 suites, e de Aconselhamento do Gabinete da Acção Social, Família e Igualdade do Género, numa altura em que 27 casos suspeitos estão em quarentena domiciliar.

Luanda

Um centro provisório com capacidade para 250 pessoas, para acolher crianças de rua e adultos, em situação vulnerável, foi aberto (segunda-feira), no Bairro dos Ramiros, município de Belas (Luanda), pelo governador Sérgio Luther Rescova.

O centro provisório, montado nas mesmas instalações da Casa da Juventude dos Ramiros, visa acudir essa franja da sociedade, no âmbito das medidas preventivas contra a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Neste espaço estão/serão acolhidos cidadãos dos municípios de Luanda, Belas e Talatona, estando previsto, segundo o governador, que falava à imprensa, a abertura de locais do gênero nos municípios de Cacuaco e Viana, com capacidade para 300 pessoas.

Uíge

Cento e trinta e nove cidadãos angolanos, oriundos da República Democrática do Congo (RDC), foram colocados em quarentena, nas últimas 24 horas, no município de Maquela do Zombo, no âmbito das medidas de prevenção do risco de contágio do Covid-19.

Segundo o director municipal da Saúde de Maquela do Zombo, Rui Avelino, os referidos cidadãos regressaram da RDC (país afectado pelo vírus), onde participaram recentemente numa missão religiosa da igreja Kimbanguista.

Leia também
  • 31/03/2020 14:48:29

    Covid-19: ACNUR cria centro de triagem no campo de refugiados

    Dundo - O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) ampliou o hospital do campo de refugiados do Lóvua, na Lunda Norte, com uma ala para triagem do Coronavírus (Covid-19).

  • 31/03/2020 14:43:56

    Covid-19: Cinco cidadãos com alta médicas na Lunda Norte

    Dundo- O número de cidadãos que deixaram a quarentena domiciliar na Lunda Norte, sem sintomas compatíveis com o novo Coronavírus (Covid-19), subiu de três para cinco, nas últimas 72 horas.

  • 31/03/2020 13:19:51

    Covid-19: MPLA apela ao cumprimento do Estado de Emergência

    Luanda - O Bureau Político do MPLA pede a todos os angolanos para se manterem em casa, em quarentena, e respeitarem as orientações das autoridades relativas às restrições de circulação e de distanciamento social, para inibir a propagação do novo Coronavírus e salvaguardar a saúde pública.