Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

02 Junho de 2020 | 13h06 - Actualizado em 02 Junho de 2020 | 13h14

COVID-19: Funcionários de hospitais em formação

Dundo - Maqueiros e funcionários das morgues dos hospitais de referência dos 10 municípios da província da Lunda Norte estão, desde segunda-feira, a ser capacitados em matérias sobre manuseio, conservação e remoção de cadáveres vítimas da Covid-19.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

De acordo com o director do Gabinete Provincial da Saúde na Lunda Norte, Gimi Nhunga, os participantes vão também abordar, durante cinco dias, questões relacionadas com o uso correcto do material de protecção, lavagem do corpo, transporte de pacientes com a Covid-19, entre outros.

Dez hospitais estão equipados para atender a pacientes com Covid-19 nos 10 municípios da Lunda Norte. Disse tratar-se de uma acção que vai, nos próximos dias, abranger maqueiros de outras unidades sanitárias da província.

Em contrapartida, o governador da Lunda Norte, Ernesto Muangala, apelou hoje, terça-feira, os cidadãos para a necessidade da responsabilidade individual no combate à Covid-19, no período de Situação de Calamidade, evitando ao máximo a circulação na via pública sem máscaras, aglomerados.

Reiterou que as medidas impostas pelo Estado, para conter a propagação do vírus, por si só não combatem a Covid -19, daí a necessidade da colaboração dos cidadãos, recomendando o confinamento e o distanciamento físico, por  constituírem, até agora, a única vacina contra a pandemia.

Incentivou, igualmente, as organizações não-governamentais para continuarem a sensibilizar a população para a observância das medidas de prevenção, bem como  para apoiarem as famílias vulneráveis, juntando-se aos esforços do Governo.  

Apelou aos pais para cuidarem das crianças, evitando que elas saiam às ruas, por serem um grupo vulnerável.

Autoridades tradicionais

O rei do povo Lunda Côkwe, soberano Mwatxissengue-Wa-tembo, pediu às autoridades sanitárias para envolverem o poder tradicional nas acções de sensibilização nas comunidades rurais, a fim de permitir que os cidadãos residentes nestas zonas tenham o domínio básico da pandemia.

Considera necessário que se promova uma acção formativa dirigida às autoridades tradicionais, sobre medidas de prevenção, formas de transmissão, uso correcto das máscaras, para que a sensibilização seja eficiente.

Revelou que grande parte dos cidadãos residentes nas comunidades rurais desconhece a existência desta pandemia, representando um perigo para a saúde público, daí a necessidade de envolver as autoridades, uma vez que o número de activistas para o efeito é reduzido.

Angola soma, até ao momento, 86 casos positivos, quatro dos quais resultaram em óbitos, 18 recuperados e 64 activos, com um paciente que carece de cuidados especiais.

Leia também
  • 29/05/2020 20:27:38

    Covid-19: Lunda Norte alarga triagem nas comunidades

    Dundo - O Gabinete Provincial da Saúde alarga, em Junho, as consultas grátis e triagem aos cidadãos com doenças consideradas de risco nas comunidades, no âmbito das medidas de prevenção e combate a propagação da pandemia da covid-19.

  • 27/05/2020 18:11:25

    Covid-19: Lunda Norte recomenda aquisição de oxigênio

    Dundo - Os gestores hospitalares na província da Lunda Norte foram orientados, nesta quarta-feira, a priorizar, no orçamento do mês em curso, a aquisição de balas de oxigênio, por serem fundamentais no tratamento de pacientes com covid-19.

  • 26/05/2020 23:25:18

    Lunda Norte sem ortopedista

    Dundo - A província da Lunda Norte está há quatro meses sem médico ortopedista, obrigando os pacientes com fracturas leves e graves a serem evacuados para a cidade de Saurimo, cerca de 290 quilómetros do Dundo.