Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

06 Agosto de 2020 | 19h20 - Actualizado em 06 Agosto de 2020 | 20h28

Enfermeiros exortados sobre ética e deontologia

Moçâmedes - Os enfermeiros na província do Namibe foram exortados hoje, quinta-feira, nesta cidade, a reflectirem sobre a ética e deontologia profissional no desenvolvimento das ciências médicas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A vice-governadora para o Sector Politico, Económico e Social no Namibe, Maisa Tavares, fez esta exortação na abertura da acção formativa promovida pela Ordem dos Enfermeiros nesta cidade, de 6 a 10 deste mês.

A governante que considerou os enfermeiros como peça fundamental no sector e suporte dos médicos no diagnóstico de diferentes patologias, apelou a estes no sentido de pautarem pelo espírito patriótico, humanista e “acima de tudo a ética profissional, pois juraram salvar vidas, e daí a grande responsabilidade enquanto profissionais de saúde”.

Lamentou o facto de encontrarem o primeiro emprego num momento dificil em que o país e o mundo vivem com a pandemia da Covid-19 e que requere um esforço redobrado de todos, partindo mesmo da consciência de cada cidadão de que o mais importante é a prevenção, usando sempre a máscara e mantendo o distanciamento fisico.

“Vocês vão abraçar uma profissão em condições extremamente dificeis, tanto no ponto de vista material das condições de trabalho, assim como dos próprios pacientes, e sóis chamados a dedicarem-se com o espírito de humanismo, patriotismo, ao qual, muitas vezes no cumprimento das tarefas que são incumbidas serão obrigados a deixar as suas famílias, o conforto do seu lar para cuidar dos pacientes”, disse a governante.

Maisa Tavares apelou ainda ao Gabinete Provincial da Saúde a continuar a redobrar as acções formativas no seio da classe médica e de enfermagem, actualizando-os com conteúdos que os venha a transformá-los em grandes profissionais, dando assim respostas as determinadas doenças que os pacientes possam vir a apresentar.

Na ocasião, o presidente de Ordem dos Enfermeiros do Namibe, Guilherme Catotala justificou que a formação tem como objectivo promover o nível de conhecimentos sobre ética e deontologia profissional, pré-humanização, sobretudo para os profissionais admitidos recentemente no último concurso.

Segundo o responsável, a referida formação vai estender-se aos enfermeiros dos cinco municipios, nomeadamente da Bibala, Camucuio, Virei, Tombwa e Moçâmedes.

Assuntos Província » Namibe  

Leia também