Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

16 Setembro de 2020 | 17h55 - Actualizado em 16 Setembro de 2020 | 18h31

Hopital de Chipindo ampliado e com novos serviços

Chipindo - As obras de reabilitação, ampliação e apetrechamento do Hospital Municipal do Chipindo vão aumentar a capacidade de internamento, de 44 camas para 75, em benefício de mais de 77 mil habitantes.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

obras de ampliação do hospital de Chpindo

Foto: Cotersia/GCII

Pela primeira vez, a unidade municipal contará com raio x, bloco operatório, área de estomatologia, ecografia e obstetrícia, serviços que hoje são encontrados somente no vizinho Huambo, visto que Chipindo, apesar de ter uma rede sanitária de sete unidades, não conta com essas especialidades.

A obra está enquadrada no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e orçada em 299 milhões, 893 mil e 203 kwanzas, cujo período de intervenção é de 220 dias. Começaram em Junho último e terminam em Fevereiro de 2021.

A intervenção contempla ainda a requalificação da unidade especial de nutrição, que actualmente funciona numa instituição precária e da maternidade, acoplada ao hospital, conforme o director municipal da Saúde, Candeeiro Caivala Bringo.

O director municipal da Saúde, Candeeiro Caivala Bringo, afirmou que, com os novos serviços, a população vai deixar de ir ao Huambo (80 km) ou ao Lubango (a 456 km) para ter acesso a serviços de especialidade.

“Temos estado a transferir constantemente os doentes para o bloco operatório do Hospital Regional do Huambo,  assim como para as questões de raio x, mas a história será diferente em 2021”, frisou.

Indicou que o município ncessita ainda de três novos postos de saúde, sendo um no sector de Catata, comuna do Bambi, um na localidade de Camuela, a 45 quilómetros da sede municipal,  e um na aldeia de Camassissa, comuna sede, e requalificar o do sector do Bunjei.

Chipindo conta com oito projectos inscritos no PIIM, com realce para a construção de duas escolas escolas, ampliação do sistema de abastecimento de água, construção de uma unidade municipal da Polícia Nacional, entre outros, avaliados em mais de três mil milhões de kwanzas.

Com uma superfície territorial de três mil e 898 quilómetros quadrados, o município de Chipindo, está situado a 456 quilómetros da cidade do Lubango, capital da província da Huíla, e tem uma população estimada em 77 mil e 670 habitantes.

Assuntos Obras   Província » Huíla   Saúde  

Leia também
  • 16/09/2020 18:16:26

    Covid-19: Hospital Central com quatro profissionais infectados

    Huambo - Quatro, dos sete casos positivos da Covid-19 diagnosticados na última terça-feira, na província do Huambo, pelas autoridades sanitárias, são profissionais da saúde e funcionários do Hospital central local.

  • 16/09/2020 17:46:42

    Covid-19: Benguela em risco de contaminação comunitária

    Benguela - A província de Benguela está a caminhar para contaminação comunitária do novo coronavírus, pelo que as medidas de prevenção devem continuar a ser reforçadas, alertou hoje, quarta-feira, o director do gabinete local da Saúde, Manuel Cabinda.

  • 14/09/2020 21:23:04

    Bié assiste primeiros doentes de hemodiálise

    Cuito - Dez pacientes com problemas de hemodiálise no Bié começaram, esta segunda-feira, a ser assistidos no Hospital Walter Strangway, na cidade do Cuito, evitando as anteriores deslocações às províncias do Huambo, Huíla, Benguela e Luanda.