Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

18 Outubro de 2006 | 23h33

Morreu Maria Haller, primeira embaixadora de Angola

Genebra

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Genebra, 18/10 - A primeira mulher a exercer a funçãode embaixadora de Angola, Maria de Jesus Haller, faleceu hoje num hospital de Genebra, aos 82 anos, vítima de prolongada doença.

Activista da independência de Angola, professora, jornalista e escritora, Maria Haller assumiu o posto de embaixadora de Angola no Reino da Suécia em 1978, tornando-se a primeira mulher angolanaa exercer esta função depois da independência do país, em 1975.

Maria Haller foi directora do Departamento Ásia e Oceania do Ministériodas Relações Exteriores e membro da União de Escritores Angolanos (UEA), tendo publicado em 1988 a história para crianças "Fá...pe...lááá!!!", pela colecção Acácia Rubra da UEA.

Durante a luta pela independência de Angola, foi representante do MPLA no Egipto e ficou conhecida em conferências internacionais pela defesa intransigente que fez do direito à palavra dos movimentos de libertação nacional.