Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Agosto de 2008 | 19h09 - Actualizado em 11 Agosto de 2008 | 19h08

Município do Lubalo contará com novas infra-estruturas em Dezembro

Lunda Norte

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar




Dundo - O município do Lubalo, na província da Lunda Norte, poderá contar, até Dezembro deste ano, com quatro casas económicas e uma escola, cujas obras de construção ainda estão em curso, soube a Angop.

De acordo com o encarregado das obras, Ferrão António, que falava durante a visita efectuada, no final de semana, pelo administrador local, Fernando Jorge, os trabalhos encontram-se já bem avançados, acrescentando que esforços estão a ser envidados com vista a conclusão dentro dos prazos acordados.

Referiu que os empreendimentos em referência constam do programa de aumento e melhoria da oferta dos serviços sociais básicos às populações, e neste momento decorre a fase de colocação de tecto e reboque.

Adiantou que a escola terá seis salas de aula, quatro casas de banho, um gabinete para o director e uma biblioteca, enquanto as residências serão destinadas para albergar os quadros da administração local.

Sem precisar o valor empregue no projecto, o administrador considerou os empreendimentos uma mais valia para o aumento da rede escolar na província, além de garantir as condições sociais aos habitantes.

As comunas de Muvulege, Luangue e sede compõem o município do Lubalo, que possui uma população estimada em 22 mil habitantes, maioritariamente camponesa.

O milho, a mandioca, o feijão, a batata doce e a banana são os principais produtos agrícolas cultivados na região.

Leia também
  • 12/11/2018 12:43:37

    População da Lunda Norte e Uíge beneficia de sistemas de água

    Caungula -Três mil habitantes dos bairros Cambaxi, Lukokessa e Saikaxi, na periferia da sede do município de Caúngula, na Lunda Norte, já têm água potável, pela primeira vez, próximo das suas residências, com a inauguração, domingo, de sistemas de perfuração do solo.

  • 08/11/2018 15:29:37

    CICV desconhece violação de direitos humanos na Lunda Norte

    Dundo - O delegado da Cruz Vermelha Internacional (CICV) para Angola, Nelson Garcia, disse hoje, quinta-feira, no Dundo, província da Lunda Norte, que não tem informações que indicam a existência de violações dos direitos humanos em Angola.

  • 05/11/2018 01:32:25

    Habitantes da região fronteiriça recorrem a serviços médicos na RDC

    Lóvua - Mais de 3.500 habitantes da Regedoria/Saimbuanda, província da Lunda Norte, recorrem à assistência sanitária e ensino primário da República Democrática do Congo (RDC), por falta de serviços e infra-estruturas afins na região.

  • 24/10/2018 18:19:10

    Governante quer soluções para credibilidade das instituições

    Dundo - A sociedade deve encontrar soluções tendentes a repôr a credibilidade das instituições do Estado e promover o bem-estar da população, consubstanciada na perspectiva de corrigir o que está mal e melhorar o que está bem com seriedade e firmeza que se impõe, considerou, hoje, quarta-feira, no Dundo, o governador da província da Lunda Norte, Ernesto Muangala.