Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

27 Agosto de 2010 | 16h49 - Actualizado em 27 Agosto de 2010 | 16h48

Unidades hoteleiras da Muxima sem espaço para mais hóspedes

Bengo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Kissama - As duas unidades hoteleiras da vila da Muxima, município da Kissama, província do Bengo, encontram-se lotadas com reservas de peregrinos que vão ao Santuário da Nossa Senhora da Muxima nos dias 04 e 05 de Setembro.

Segundo apurou a Angop, as duas únicas unidades hoteleiras da vila da Muxima possuem apenas 120 quartos (80 no Ritz e 40 no ZFA), estando o preço da diária a rondar o equivalente a 150 dólares americanos. 

A vila onde se encontra o Santuário da Nossa Senhora da Muxima tem carência de alojamento, sobretudo na altura da peregrinação, época em que acorrem centenas de milhares de pessoas àquela região que dista a 180 quilómetros de Caxito, a capital da província do Bengo.

Por outro lado, a administração municipal da Kissama licenciou já 102 barracas para a venda de comida e bebida no local, devendo o número aumentar nos próximos dias.

Na visita efectuada hoje, o governador do Bengo, João Bernardo de Miranda, recomendou que se melhore a qualidade das barracas de venda de alimentos e bebidas, assim como a higiene nestes locais.

Este ano, a Peregrinação à Nossa Senhora da Muxima terá como lema "Com a virgem Maria oremos pelo nosso dia-a-dia". A eucaristia solene no domingo (05 de Setembro) será celebrada pelo bispo da Diocese do Sumbe (província do Kwanza Sul), dom Bendito Roberto.

Tradicionalmente realizada em Setembro, a romagem ao Santuário da Nossa Senhora da Muxima durava três dias, mas este ano será feita apenas em dois dias, segundo anunciou a organização, tendo apontado a facilidade de acesso e as condições de acomodação na vila para o número crescente de peregrinos como motivos para esta alteração.

A festa, em homenagem à Nossa Senhora da Muxima, acontece anualmente, desde 1833. No ano de 2008, a peregrinação decorreu excepcionalmente de 15 a 17 de Agosto, devido à realização das eleições legislativas em Angola, a 05 de Setembro.

Pela sua importância e significado histórico, a Igreja de Nossa Senhora da Muxima (que quer dizer Coração na língua nacional Kimbundu), construída no final do século XVI, foi considerada monumento nacional em 1924.

Os "fiéis" acorrem à Muxima, cuja imagem de Nossa Senhora é a maior devoção popular em Angola, para falarem das suas preocupações, angústias e desejos.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também
  • 03/02/2019 18:22:39

    Trânsito automóvel interdito na EN 100

    Caxito - A circulação automóvel na Estrada Nacional 100, no troço desvio da Barra do Dande/Caxito, estará interrompida na próxima segunda-feira (4 de Fevereiro) em função da realização da meia maratona atlética "Fuga para a resistência" na província do Bengo.

  • 28/01/2019 16:22:59

    Jovem morre em ataque de jacaré no rio Dande

    Caxito - Uma rapariga de 28 anos de idade foi morta hoje, segunda-feira, no bairro do Capunga, Açucareira, município do Dande, na sequência de um ataque de jacaré na margem do rio Dande.

  • 27/01/2019 19:36:43

    Bengo: Dande celebra aniversário com homenagem a personalidades do município

    Caxito - Uma homenagem a personalidades que se destacaram ao longo dos tempos marcou o 89º aniversário do município do Dande, na província do Bengo, que hoje, 27 de Janeiro, se assinala.

  • 27/01/2019 18:01:30

    Disponíveis 200 vagas para estágio e emprego

    Caxito - Duzentas vagas para estágio e emprego foram disponibilizadas por 12 empresas sedeadas na província do Bengo, no âmbito da Feira Nacional de Trabalho e Profissões, realizada em Novembro de 2018 em Caxito, revelou sábado o coordenador da mesma, José Maria.