Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

13 Julho de 2011 | 14h41 - Actualizado em 13 Julho de 2011 | 14h41

Administração constrói mercado de peixe na Ilha do Cabo

Ingombota

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar


Luanda – Um mercado para comercialização de peixe começa a ser construído ainda este ano, na comuna da Ilha do Cabo, no município da Ingombota, em Luanda, no âmbito do programa local de investimentos públicos.
    

Segundo o administrador Pedro Samuel John Júnior, o novo mercado, a ser construído em local ainda não determinado, será dotado de condições favoráveis para a comercialização do produto, como bancadas, água corrente, câmaras frigoríficas de entre outras.
    


 
De acordo com o chefe do executivo da Ingombota, neste momento o peixe é comercializado no antigo mercado informal dos Trapalhões, que actualmente não oferece condições para a comercialização do pescado.
   


  
De acordo com o administrador, as autoridades da Ingombota pretendem projectar a partir de Agosto a colocação de placas de sinalização nas zonas perigosas para os banhistas e contentores de lixo em toda a extensão da orla marítima da Ilha do Cabo.
   

Disse que as acções do governo incluem também campanhas de recolha de resíduos sólidos, com vista a atrair o maior número de turistas na próxima época balnear.
 

A colocação de balneários públicos, limpeza diária através de brigadas, criação de zonas verdes e embelezamento de jardins, fazem igualmente parte das acções da administração local.
   

Disciplinar a construção de infra-estruturas hoteleiras e similares, retirada de espaços vedados, bem como a retirada de cabanas dos pescadores ao longo da orla marítima na Ilha de Luanda.
  

"As praias são espaços de lazer para o público e não podem ser vedados de forma deliberada", sublinhou a fonte.
   

As autoridades estão igualmente a sensibilizar a população e frequentadores da Ilha de Luanda, principalmente no período nocturno, no sentido de depositarem o lixo nos locais apropriados para se evitar o surgimento de epidemias.
  

A Ilha do Cabo ou Ilha de Luanda é uma estreita língua de terra com sete quilómetros de comprimento que, separando-a do Oceano Atlântico, cria a Baía de Luanda, em Angola.
  

Chamada Ilha de Luanda pelos habitantes da capital é uma península ligada à cidade por um pequeno istmo no sopé da ex-Fortaleza de São Miguel.
    

A Ilha é o local de divertimento e lazer por excelência dos luandenses, podendo aqui encontrar-se uma grande variedade de equipamentos turísticos, dos bares aos restaurantes junto ao mar e das discotecas aos hotéis, sem esquecer os mercados de rua e as inevitáveis praias.