Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

07 Setembro de 2012 | 20h38 - Actualizado em 07 Setembro de 2012 | 20h38

Mais de 30 mil pessoas frequentam aulas de alfabetização

Bié

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Kuito – Trinta e cinco mil e 24 pessoas, entre mulheres e homens, frequentam as aulas de alfabetização na província do Bié, informou hoje o director da Educação, Ciência e Tecnologia na circunscrição, Basílio Caetano.

Falando à propósito do Dia Internacional da Alfabetização que se assinala nesse sábado, o responsável sublinhou que no processo de instrução são aplicados quatro métodos, nomeadamente o cubano “sim eu posso”, “Dom Bosco dos missionários salesianos”, “alfality internacional” e o “método gostar ler e escrever” do Ministério da Educação.

O processo de alfabetização na província do Bié, assegurou, conta com os apoios de diversas instituições políticas e sociais, mormente a Organização da Mulher Angola (OMA), JMPLA, as Igrejas, Ong nacionais e estrangeiras, bem como as administrações municipais.

O departamento de alfabetização na região controla 611 alfabetizadores, que leccionam em diversas escolas, igrejas e outros locais usados para transmitir os conhecimentos em todo território da província.

Confirmou ainda que entre 2010 e 2011 foram matriculados 53 mil 33 alunos da especialidade, destes 52 mil 777 obtiveram resultados satisfatórios.

Destacou o ínfimo subsídio destinado aos alfabetizadores, a falta de energia eléctrica para as aulas nocturnas, com a experiência da República de Cuba denominado “Sim eu posso”, nas comunidades rurais, associado ao pouco envolvimento do empresariado local” constitui entre outros constrangimentos para o êxito do cronograma de alfabetização, nesta circunscrição.

O vice-governador para esfera política e social na província do Bié, Carlos Ulombe da Silva, considerou a alfabetização como uma tarefa de todos, instando a sociedade civil a contribuir com o seu saber para o desenvolvimento do processo de ensino-aprendizagem na região.

Assuntos Província » Bié  

Leia também
  • 13/02/2019 15:19:44

    Chuvas causam danos na aldeia de Chissala

    Cuito - Dezasseis residências, uma escola e uma igreja ficaram destruídas em consequência das chuvas que assolaram, este mês (Fevereiro), a aldeia de Chissala, no município do Cunhinga, província do Bié.

  • 13/02/2019 14:43:22

    Município de Catabola volta a ser iluminado

    Catabola - Dois anos depois às escuras, o município de Catabola, 52 quilómetros a leste do Cuito, província do Bié, volta a ser iluminado fruto da recuperação de um dos quatro geradores que se encontrava avariado.

  • 06/02/2019 15:54:33

    Famílias residentes na zona do aeroporto do Cuito serão realojadas

    Cuito - Cinquenta famílias que residem nas mediações do aeroporto Joaquim Capango serão realojadas este ano no projecto das 500 casas sociais erguidas pelo governo, na localidade de Caluco, arredores da cidade do Cuito, província do Bié.

  • 05/02/2019 16:24:27

    Jovens beneficiam de formação em artes e oficios no Cuito

    Cuito - Trezentas raparigas serão matriculadas na segunda acção formativa a ser promovida pela Igreja Evangélica de Angola (IECA), no Bié, com a inclusão dos cursos de decoração e corte e costura.