Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

02 Janeiro de 2013 | 16h58 - Actualizado em 03 Janeiro de 2013 | 11h01

Empossados novos administradores municipais

Uíge

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Governador do Uíge, Paulo Pombolo

Foto: Angop

Uíge - Os novos administradores municipais e seus adjuntos recentemente nomeados tomaram posse hoje, nesta cidade, em acto orientado pelo governador provincial do Uíge, Paulo Pombolo.

Durante o acto, foram empossados no cargo de administradores municipais Altamiro Francisco Inocêncio Benjamim, para o município do Uíge, Geremias Alfredo Lupasso Cuzangama, para Alto - Cauale, Adelina Figueiredo Alexandre Pinto, para o Songo, José Bunga Alberto, para Buengas, António Zambo, para Quimbele, e Baptista Bunga, para o município de Sanza Pombo.

Foram igualmente empossados os administradores Beirão Monteiro, para município de Púri, Benji Moco Henriques, para Maquela do Zombo, Delfina António Henriques, para Milunga, Elisa Mafuta João, para Ambuila, Helena Antunes Ferraz, para Bungo, Maria Fernando Cavungo, para Damba, Maria Paulina Manuela, para Bembe, Piedade Samuel Hebo, para Mucaba, Rosa Pedro Afonso Garcia, para o município de Negage, e Salvador Lindo Bernardo Cuhema, para administrador municipal de Quitexe.

No mesmo acto, foram empossados os administradores municipais adjuntos Adelina Maria de Fátima Miguel, para Púri, Alberto Zeca, para Mucaba, Dorcelino da Silva Daniel, para Buengas, Elísio José Futica Zangui, para Quimbele, Francisco Simão, para Maquela do Zombo, Geraldo Domingos Dendo, para o município de Songo, Joana Guilherme Catenda, para Sanza Pombo, e Jonas João, para o adjunto de Negage.

Tomaram posse ainda como administradores municipais adjuntos Inês João Bengui, para Milunga, Lindo Bernardo Quele, para Bembe, Luís António Banda, para Ambuila, Ntoto André Faitoma, para Bungo, Sónia Arlete Fernandes Domingos, para o município do Uíge, Teresa de Almeida Canda, para Cangola e Zacarias Manuel, para exercer o cargo de administrador municipal adjunto da Damba.

Na ocasião, foram também empossados os administradores comunais de Nkama - Ntambo, Vista Alegre, Aldeia Viçosa e Cambamba e seus adjuntos, respectivamente.

Depois da assinatura do termo de responsabilidade, os recém-empossados juraram ser fiéis à Pátria, cooperar na realização dos fins superiores do Estado, defender os princípios fundamentais da ordem estabelecida na Constituição, bem como respeitar as leis e dedicar-se ao serviço pública com todo zelo, inteligência e aptidão.

Na sua intervenção, o governador Paulo Pombolo pediu-lhes mais competência, transparência, rigor, capacidade de liderança e honestidade durante o exercício das suas funções.

"A marcha que agora iniciamos é de cinco anos. Quero que todos cheguemos no fim deste mandato e apresentemos resultados satisfatórios do nosso desempenho em 2017. Por isso, façam uma gestão correcta dos recursos disponibilizados em benefício do povo, promovendo novas iniciativas que visam mudar a imagem dos municípios, comunas e aldeias da província, bem como cumprindo com os prazos na tomada de decisões fundamentalmente na prestação de contas", expressou o governante.

Quem assim trabalhar, disse, nunca será contestado e em nenhum momento será substituído a meio do mandato. Para tal, o governo da província continuará a exercer o seu papel de monitoria, ajudando todos aqueles que encontrarem dificuldades na sua acção. O governador avançou que o executivo provincial estará atento e rigoroso com os incumpridores, não permitindo que as orientações e os objectivos do governo da província sejam deturpados ou não executados no espírito da sua letra.

Recomendou aos administradores municipais adjuntos a assumirem o seu verdadeiro papel, sobretudo no desenvolvimento do sector social, para justificarem a sua presença na estrutura e não mantê-los como figuras decorativas nos respectivos gabinetes.

Apelou ao novo administrador municipal do Uíge no sentido de tomar algumas medidas urgentes na correcção de alguns comportamentos indignos por parte dos munícipes, sobretudo na venda de produtos diversos nas ruas da cidade, bem como responsabilizar algumas empresas que exercem diversas actividades nas ruas, como cortar o tapete asfáltico e desfigurar a imagem da cidade.

Presenciaram o acto de empossamento dos administradores municipais e seus adjuntos, o vice-governador para sector económico e produtivo, Carlos Mendes Samba, membros do governo e os comandantes da Polícia Nacional e das tropas da Região Militar Norte, como convidados.

Assuntos Província » Uíge  

Leia também
  • 11/11/2018 08:28:25

    Metade das residências do Quilomoço entregue aos respectivos moradores

    Uíge - Quinhentas e cinco residências da centralidade Horizonte do Quilomoço, na cidade do Uíge, foram entregues aos moradores, desde o passado mês de Agosto, data de início do processo de comercialização.

  • 05/11/2018 17:29:33

    Mais de 20 crianças recebem BI no primeiro dia da campanha no Uíge

    Uíge - Vinte e sete crianças, dos seis aos 17 anos de idade, que apresentaram os processos completos (fotocopias integrais), adquiriram, sábado último, nesta cidade, os seus Bilhetes de Identidade (BI), no âmbito da campanha denominada "BI Dipanda", em saudação ao 11 de Novembro, dia da independência nacional.

  • 05/11/2018 12:21:59

    Chuva desaloja mais de mil famílias no Kimbele

    Uíge - Mil e 61 famílias de várias povoações do município de Kimbele ficaram sem abrigo, em consequência da chuva d nos últimos dias na região, tendo destruído 214 residências.

  • 03/11/2018 22:20:43

    Uíge: Igreja Católica forma 70 jovens para mercado de emprego

    Uíge - Sessenta e dois jovens terminaram este sábado, cursos de culinária, pastelaria e decoração, ministrados pelo Centro de Artes e Ofícios de Santa Cruz, afecto a Igreja Católica, localizada no bairro Dunga, cidade do Uíge.