Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

14 Dezembro de 2013 | 11h05 - Actualizado em 14 Dezembro de 2013 | 11h04

INAD destrói na Lunda Sul mais de 40 engenhos explosivos não-detonados

Saurimo - Quarenta e oito engenhos explosivos não-detonados, removidos na estrada Saurimo/Luena, nas reservas fundiárias da aldeia de Luaximo, província da Lunda Sul, foram destruídos, sexta-feira, pelo Instituto Nacional de Desminagem (INAD), em cerimónia testemunhada pelo vice-governador para esfera social e política, João Baptista Abreu Manaça.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Saurimo -  Quarenta e oito engenhos explosivos não-detonados, removidos na estrada Saurimo/Luena, nas reservas fundiárias da aldeia de Luaximo, província da Lunda Sul,  foram destruídos, sexta-feira, pelo Instituto Nacional de Desminagem (INAD), em cerimónia testemunhada pelo vice-governador para esfera social e política, João Baptista Abreu Manaça.

Constavam do arsenal 113 minas anti-pessoal, 131 munições diversas e outros artefactos, recolhidos desde Julho deste ano. 

De acordo com o chefe da Comissão Técnica Multisectorial  de Desminagem e Assistência Humanitária do INAD na  Lunda Sul,  Salvador Colo, o material foi recolhido em várias operações efectuadas por especialistas da instituição. 

Adiantou que o INAD tem utilizado vários métodos para limpeza das áreas, mormente a utilização de equipas combinadas de pesquisas e de remoção de engenhos, além do apoio moral prestado pela direcção-geral da instituição. 

Já o vice-governador para esfera social e política afirmou que o governo provincial tem priorizado a desminagem e a sensibilização da população da região para evitar os acidentes com minas e engenhos explosivos não detonados.

O responsável apelou à população a informar imediatamente as autoridades quando encontrarem objectos estranhos, visto que os engenhos explosivos não-detonados constituem grande perigo para as famílias, sobretudo para as crianças e mulheres.

Leia também
  • 04/02/2019 23:03:02

    Aulas de alfabetização condicionadas por falta de energia eléctrica

    Muconda- A falta de energia eléctrica em Cambongo, comuna de Cassai Sul, município do Muconda (Lunda Sul), tem condicionado as aulas de alfabetização e a prestação de serviços de saúde no posto médico da localidade.

  • 01/02/2019 23:23:21

    Inspectora-geral do MININT quer uma polícia mais pedagógica

    Saurimo - A inspectora-geral do Ministério do Interior (MININT), Margarida Jordão de Barros, reiterou hoje, sexta-feira, em Saurimo (Lunda Sul), a necessidade dos efectivos da Polícia Nacional serem mais pedagógicos nas suas actuações na via pública, evitando actos que comprometam o órgão.

  • 01/02/2019 21:01:47

    SIC apresenta supostos marginais em Saurimo

    Saurimo - Trinta e seis marginais que se dedicavam a práticas de roubos, furtos qualificados e assaltos foram detidos, de 04 a 30 de Janeiro, do ano corrente, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) da Lunda Sul, revelou hoje, sexta-feira, o chefe do gabinete de Comunicação Institucional do órgão, António Sacuaia.

  • 29/01/2019 01:17:29

    Governo aumenta capacidade energética em Saurimo

    Saurimo - O governo da província da Lunda Sul vai iniciar, a partir de Fevereiro deste ano, um projecto para aumentar a capacidade energética no município de Saurimo, com a instalação de 12 Postos de Transformação (PT) com 630 (KVA), numa primeira fase.