Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

04 Julho de 2013 | 20h26 - Actualizado em 05 Julho de 2013 | 08h41

Inaugurado serviço de língua portuguesa da PANAPRESS em Luanda

Comunicação Social

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda – A redacção dos serviços noticiosos em língua portuguesa da Agência Pan-africana de Notícias (PANAPRESS) foi inaugurada esta quinta-feira, em Luanda, pelo secretário de Estado da Comunicação Social, Manuel da Conceição.

  

A inauguração dos serviços em língua portuguesa da PANAPRESS é o culminar de um acordo de cooperação assinado com a agência angolana de notícias em 2001, na sede da agência africana, em Dakar, capital senegalesa.

Desde a sua criação até 2012 o serviço em língua portuguesa da PANAPRESS funcionou em Dakar com o concurso de três jornalistas da Angop, tendo a parte angolana negociado mais tarde a sua transferência para Luanda.

A nova estrutura da PANAPRESS, situada no edifício da Angop, foi tecnicamente apetrechada para responder a procura permanente por informações em língua portuguesa. A divisão conta com três editores, numa primeira fase, e tem como responsável o jornalista angolano Frederico Cawanda.

Na cerimónia de inauguração, presenciado pelo secretário de Estado das Relações Exteriores, Manuel Augusto, o presidente do Conselho de Administração da Angop, Daniel Miguel Jeorge, afirmou que a inauguração dos serviços em português da PANA em Luanda representa o contributo para a redução das barreiras linguísticas sobre a livre circulação de informação entre os países africanos.

“Representa a expressão da nossa vontade e determinação em prol do desenvolvimento do fluxo informativo sobre África, restituindo, deste modo, a real imagem do continente”, reforçou o responsável.

Presente na cerimónia, e a cumprir visita de trabalho no país, o director-geral da PANAPRESS, Babacar Fall, usou da palavra para elogiar o dinamismo da direcção da Angop no processo de instalação da sede deste serviço em Angola.

Esta é mais uma prova da cooperação magnífica entre Angola e a agência de notícias pan-africana. Angola e a agência de informação Angop são pais fundadores da PANA”, disse Babacar Fall.

Segundo o responsável, a inauguração da redacção representa novas oportunidades para a imprensa africana.

O serviço em língua portuguesa foi lançado com o objectivo de alargar o âmbito da cobertura informativa da PANAPRESS (também conhecida sob a sua designação abreviada de PANA) ao espaço lusófono, uma vez que, até então, esta agência pan-africana emitia apenas em inglês, francês e árabe.

A PANA surgiu da vontade de alguns Estados de dotar África de uma ferramenta de comunicação privilegiada com a missão de produzir e difundir, dentro do continente e no exterior, um fluxo de notícias e informações destacando os êxitos e os fracassos de uma África em formação.

Ela propõe igualmente análises que ajudam a compreender e a explicar os êxitos e os fracassos, bem como a identificar os esforços mal sucedidos, conforme uma linha editorial que propõe ao leitor o máximo possível de dados a fim de lhe permitir construir a sua própria opinião.

A Redacção Central da PANAPRESS, cuja sede está localizada em Dakar, assegura a coordenação das actividades de uma centena de correspondentes, jornalistas e repórteres fotográficos repartidos em mais de cinquenta países africanos e nos seus gabinetes externos em Paris (França) e em Nova Iorque (Estados Unidos).

Assuntos Angola  

Leia também
  • 06/02/2019 17:07:59

    Minint encoraja cidadãos a solicitarem escolta

    Luanda - O director do gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Delegação Provincial do Ministério do Interior (Minint), intendente Mateus Rodrigues, reiterou hoje o apelo aos cidadãos, para solicitarem escolta quando transportarem avultadas somas monetárias.

  • 30/01/2019 17:54:25

    ANDA apoia mais de 60 mil pessoas em 27 anos

    Luanda - Sessenta mil novecentos e noventa pessoas com deficiência beneficiaram de projectos realizados nos últimos 27 anos pela Associação Nacional de Deficientes de Angola (ANDA), informou nesta quarta-feira, o seu presidente, Silva Lopes Etiambulo.

  • 29/01/2019 21:11:53

    ExxonMobil doa mais de um milhão de dólares a projectos sociais

    Luanda - Um milhão e duzentos e cinquenta mil dólares americanos foram doados, nesta terça-feira, em Luanda, pela companhia petrolífera e petroquímica ExxonMobil Foundation, para apoiar esforços da luta contra a malária, incentivo a construção de mais escolas, desenvolvimento das mulheres rurais e preservação da Palanca Negra.

  • 29/01/2019 18:18:48

    Angola participa na abertura do ano da CPLP para a juventude em Lisboa

    Luanda - A ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula da Silva do Sacramento Neto, participa, na quarta-feira, 30, em Lisboa (Portugal), na abertura do “Ano da CPLP para a Juventude“.