Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

09 Agosto de 2013 | 12h48 - Actualizado em 03 Setembro de 2013 | 08h26

Quiçama ganha novas infra-estruturas sociais

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda  – O município da Quiçama, em Luanda, vai beneficiar este mês de duas estações de abastecimento de combustíveis, para atender os veículos que circulam pela via Catete/Muxima, Catete/Cabo Ledo e vice-versa, constatou hoje a Angop.

As obras de instalação, já em fase terminal, estão a ser feitas a seis quilómetros da ponte da Cabala para a Muxima, igual distância das segundas bombas, da sede municipal, próximo ao entroncamento para a comuna do Cabo Ledo.

De acordo com a subcomissão organizadora para a peregrinação, as duas bombas entrarão em funcionamento antes da jornada religiosa, justamente para evitar o que aconteceu em 2012, quando após vários trajectos, no cruzamento do Cabo Ledo para Vila, e vice-versa, alguns autocarros ficaram sem combustível.

“Estas bombas vão facilitar o nosso trabalho, porque no ano passado, os autocarros incumbidos de transportar os crentes do entroncamento para o Cabo Ledo, término de todos os veículos sem credenciamento, para a Muxima e vice-versa, ficaram sem combustível, por isso fomos obrigados a comprar o gasóleo em recipientes, em Catete”, disse em entrevista à Angop, o responsável da operadora TCUL, José Reis.

Outra benfeitoria a muito aclamada pelos munícipes é a montagem de uma dependência bancária móvel que facilitará as transacções comerciais, ao mesmo tempo que se encontra em construção, uma outra definitiva.

A romaria ao Santuário da Muxima acontece nos dias 31 de Agosto e um  de Setembro próximo, com o lema “Família levanta-te e caminha, família e cultura, Mamã Muxima, intercede pelos que têm fé” e nela se prevêem a presença de cerca de um milhão de devotos.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também