Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

27 Janeiro de 2015 | 18h28 - Actualizado em 27 Janeiro de 2015 | 18h28

Huambo: Polícia apresenta cinco grupos de supostos marginais

Huambo - Cinco grupos de supostos marginais, acusados da prática crimes de falsas qualidades, assalto com arma de fogo, roubos, furtos, posse e venda de estupefaciente, foram apresentados hoje, terça-feira, pela Polícia Nacional na cidade do Huambo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Meliantes detidos pela polícia

Foto: angop

Os cidadãos, segundo o porta-voz da corporação, intendente Martinho Kavita Satito, actuavam nos bairros Kapango, Calilongue , Quilombo, Santa Iria, Vila Graça, Bomba Alta e Baixa, nos arredores da cidade do Huambo.

Um deste grupos, liderado pelo cidadão João Caetano Nunes, está indiciado de falsa qualidade, pois os seus membros intitulavam-se de agentes dos Serviços de Migração Estrangeiros e extorquiam dinheiro aos estrangeiros.

O grupo, proveniente da província de Luanda, também actuava em estabelecimentos comerciais no bairro Santo António, intitulando-se serem agentes  da Policia Económica, extorquindo igualmente valores monetários.

Já o grupo “Estafe de Sangue”, composto por quatro cidadãos, chefiado por Francisco Elias Cassinda, dedicava-se à pratica de crimes de furto e roubos, nos bairros São José, Quilombo, Vila Graça, Bomba Alta e Baixa.

O terceiro grupo de supostos marginais, designado por “Man Pá”, é também  integrado por quatro cidadãos, chefiado por Paulino Carlos, sendo que o mesmo praticava crimes de assalto com armas de fogo, furtos e roubos no bairro Lissímo.

O intendente Martinho Kavita informou que o quarto grupo, denominado “Man Kila", é composto por três cidadãos que se dedicavam em acções delituosa nos arredores da comuna Xavier Samacau.

Disse que o quinto grupo, composto por quatro elementos, chefiado pelo cidadão João Miúdo Chimalauta, está implicado na prática de crimes de roubo qualificado e consumo de cannabis sativa, vulgo liamba.

O porta-voz da Polícia Nacional na província do Huambo disse terem sido realizadas micro-operações e buscas dirigidas que resultaram no desmantelamento destes cinco grupos e detenção dos seus integrantes, bem como a apreensão de armas de fogo, motorizadas, televisores, botijas de gás butano e outros meios que se encontrava na posse dos supostos meliantes.

O intendente Martinho Kavita informou, também, que a corporação deteve três cidadãos, por terem sido interpelados a cobrarem dinheiro no acto de matrículas em uma escola do ensino primário.

Para cada alunos cobravam 550 kwanzas, tendo sido detidos em flagrante delito com um valor de 165 mil kwanzas.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também