Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

25 Março de 2016 | 12h21 - Actualizado em 25 Março de 2016 | 12h20

Moxico: Vice-governadora quer envolvência na garantia da sustentabilidade ambiental

Luena - A garantia da sustentabilidade ambiental passa pela envolvência da sociedade civil na gestão de resíduos sólidos advogou hoje (sexta-feira), no Luena, a vice-governadora provincial para o sector Político e Social, Adriana Sofia Cacuassa Bento.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Moxico: Vice-governadora para sector Politico e Social, Adriana Sofia Cacuassa Bento

Foto: Kinda Kyungu

Discursando no acto de abertura da palestra sobre gestão de resíduos sólidos, sustentou que nos dias de hoje a problemática dos resíduos sólidos constitui uma preocupação das entidades administrativas face as consequências ambientais daí derivadas.

Disse que a preocupação com os resíduos sólidos e a sua complexidade ao nível do executivo ficou manifestada com a criação de um Plano Estratégico para a Gestão de Resíduos Urbanos, por parte do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, como instrumentos de referência que define hipóteses, baseadas no conceito de responsabilidades partilhadas com a sociedade.

Adriana Sofia Bento refutou que a gestão dos detritos não deve ser única e exclusivamente uma responsabilidade do governo, mas de todo cidadão, do Estado, do sector privado e da sociedade civil, para uma gestão ambiental sadia e adequada.

Comparou que nos anos anteriores, os resíduos sólidos eram definidos como algo que não apresentavam utilidade de valor comercial, porém, actualmente parte deste material pode ser aproveitado para outros fins de forma directa ou indirecta.

Leia também
  • 06/02/2019 11:16:38

    Acidentes de viação causam 92 mortes em 12 meses no Cuanza Norte

    Ndalatando - Noventa e duas pessoas morreram e 523 ficaram feridas em consequência de 383 acidentes de viação registados entre Janeiro a Dezembro de 2018 no Cuanza Norte, informou o Comando Provincial da Polícia Nacional.

  • 05/02/2019 17:25:45

    Escolas de condução de Malanje sem equipamento multimédia

    Malanje - As escolas de condução da província de Malanje carecem de equipamento multimédia para as aulas e os exames teóricos de condução, sistema que facilita o trabalho dos instrutores, assim como garante mais destreza e conhecimento aos alunos.

  • 05/02/2019 16:06:23

    Militar das FAA morto a tiro na Matala

    Matala - Um militar das Forças Armadas Angolanas (FAA), de 37 de anos de idade, afecto ao Batalhão de Logística, foi morto a tiro, domingo (3), por meliantes ainda não identificados, no bairro Calumbiro, no município da Matala, província da Huíla.

  • 04/02/2019 22:16:51

    Associação planta mais de 600 árvores na Banga

    Banga - Pelo menos 650 espécies de árvores ornamentais e fruteiras foram plantadas esta segunda-feira, na vila da Banga, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, numa acção da associação dos naturais e amigos da localidade, Anabanga.