Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

24 Julho de 2016 | 18h06 - Actualizado em 24 Julho de 2016 | 18h06

Zaire: Mbanza Congo completa 510 anos de existência

Mbanza Congo - A histórica cidade de Mbanza Congo, capital da província do Zaire, completa nesta segunda-feira, 25 de Julho, 510 anos da sua existência, marcada por diversas actividades culturais, desportivas, académicas e recreativas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

ZAIRE: ÂNGULO DA CIDADE DE MBANZA CONGO

Foto: Pedro Moniz Vidal

 

O 25 de Julho, escolhido pelas autoridades governamentais locais para a celebração das festas da antiga capital do Reino do Congo, foi em 1506 institucionalizado pelo rei Nimi a Lukeni, fundador da corte real do então reino, como também uma data em que os reinos a si adjacentes se deslocavam a Mbanza Congo para pagar tributo.

Ao longo da época colonial, a cidade conheceu várias denominações, tendo sobressaído a de São Salvador do Congo, nome que os portugueses o haviam atribuído segundo o seu desejo, já como potência colonizadora.

De acordo ainda com a sua génese histórica e cultural, a designação de maior relevo de Mbanza Congo, na altura, foi a de Kongo dya Ntontela, símbolo de unidade e indivisibilidade dos bakongos (falantes de kikongo), como o próprio nome indica.

Desde a fundação do reino do Congo no século XIII, ela (cidade de Mbanza Congo) foi a sua capital, o centro político, económico, social e cultural, sede do rei e a sua corte e como tal o centro das decisões.

Mbanza Congo foi, no século XVII, a maior vila da costa ocidental da África central, com uma densidade populacional de 40 mil habitantes (nativas) e quatro mil europeus.

Com o seu declínio, a cidade que se encontrava no centro do reino em plena “idade de ouro”, transformou-se numa vila mística e espiritual do grupo etnolinguístico kikongo e albergou as Repúblicas de Angola, Congo Democrático, Congo Brazzaville e Gabão.

Possui uma superfície de sete mil e 651 quilómetros quadrados, Mbanza Congo é limitado a norte com o município do Cuimba e pela RDC, a sul e a leste com a província do Uíge e a oeste com os municípios do Tomboco e Nóqui.

Mbanza Congo tem uma população estimada em 155 mil e 174 habitantes (dados do censo de 2014), a cidade de Mbanza Congo possui cinco bairros, designadamente Sagrada Esperança, 4 de Fevereiro, Álvaro Buta, 11 de Novembro e Martins Kidito.

O português e o kikongo são as línguas predominantemente faladas pelos seus habitantes que têm na agricultura e o comércio, as principais actividades.

Para esta edição (15ª), as festas decorrem sob o lema “Mbanza Congo: Unidos na conservação do património cultural e histórico”.

Refira-se que, a cidade de Mbanza Congo concorre para a sua inscrição na lista do património mundial da humanidade pela UNESCO, cujo projecto foi lançado em 2007, nesta cidade, com a realização de uma mesa redonda internacional denominada “Mbanza Congo, cidade a desenterrar para preservar”, pelo Ministério da Cultura.

Actualmente, Mbanza Congo ostenta a categoria de património cultural e histórico nacional, atribuída pelo Ministério da Cultura em 2013.

Leia também
  • 04/02/2019 00:02:54

    Hoje celebra-se o 58º aniversário do Início da Luta Armada

    Luanda - Os angolanos celebram hoje o 58º aniversário do início da Luta Armada de Libertação Nacional, na esperança que incentive as novas gerações nos processos de consolidação da paz, reconciliação nacional e reconstrução do país, bem como fortaleça em cada angolano o sentimento patriótico.

  • 31/01/2019 18:23:02

    PN detém falsificador de documentos no Zaire

    Soyo - Um cidadão da República Democrática do Congo (RDC), acusado de falsificar e vender certificados e declarações escolares, no município do Soyo, província do Zaire, foi apresentado, nesta quinta-feira, pela Polícia Nacional (PN), aos órgãos de comunicação social.

  • 31/01/2019 11:21:38

    Detido cidadão que se fazia passar por funcionário do Minint

    Mbanza Kongo - Um cidadão de 33 anos de idade, que se fazia passar por funcionário da Delegação do Ministério do Interior (Minint) na província do Zaire, foi detido quarta-feira, na vila do Nzeto, pela Polícia Nacional.

  • 29/01/2019 11:44:17

    Adolescente morre afogado na praia do Nzeto

    Mbanza Kongo - Um adolescente de 17 anos de idade morreu afogado na tarde desta segunda-feira, numa das praias da vila do Nzeto, província do Zaire.