Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

09 Fevereiro de 2017 | 12h23 - Actualizado em 09 Fevereiro de 2017 | 12h20

Moxico: Anciã vítima de queimadura falece no HGM

Luena - A ancião Angelina Wayoquesse, de 67 anos, queimada quarta-feira pelos vizinhos por supostamente ser feiticeira morreu hoje, quinta-feira, no Hospital Geral do Moxico (HGM), no Luena.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Moxico: Hospital Geral do Moxico

Foto: Angop

A anciã não resistiu aos graves ferimentos de terceiro grau que sofreu, aliadas a agressão física protagonizada pelos seus vizinhos no bairro Kwenha, arredores do Luena.

Falando à imprensa, o enfermeiro chefe em serviço no Banco de Urgência do HGM, Jorge Lemos, explicou que a vítima apesar dos procedimentos médicos efectuados, não resistiu as queimaduras e as infecções causadas pelos ferimentos.

Um dos três filhos da vítima, Angelino Agostinho, continua a pedir que se faça justiça para honrar a sua mãe e desencorajar tais práticas na sociedade do Moxico.

À imprensa, Isaac Zaqueu Chitandula e Rúben Avayona, dois dos três acusados criminosos, já as contas com a Polícia Nacional (PN), admitem terem espancado a vítima na segunda e terça-feira.

O terceiro acusado, segundo fonte policial, se encontra foragido.

Leia também