Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

17 Fevereiro de 2017 | 14h19 - Actualizado em 17 Fevereiro de 2017 | 14h19

Benguela: Ministro pede maior prontidão ao novo comandante da Polícia Nacional

Benguela - O ministro do Interior, Ângelo da Veiga Tavares, pediu hoje, sexta-feira, em Benguela, maior responsabilidade e prontidão ao novo comandante provincial da Polícia Nacional, para melhor segurança da população.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Arquivo: Ângelo da Veiga Tavares - Ministro Interior

Foto: Rosário dos Santos

Ângelo da Veiga Tavares que falava no acto de tomada de posse do novo delegado do Ministério do Interior e comandante provincial da Polícia Nacional, comissário Elias Livulo, adiantou que Benguela é uma província bastante exigente, na qual é necessário prontidão e rigor aos novos desafios.

O governante assegurou que, 2017 é um ano com grandes desafios, pelo qual o efectivo é chamado a engrandecer dois momentos, trabalhar no sentido de assegurar o processo eleitoral para que decorra com tranquilidade, bem como exercer o dever de voto.

Considerou ser necessário, que todo efectivo do Ministério do Interior assuma com plenitude, o exercício do dever de voto com um sacrifício, para que este processo decorra com máxima tranquilidade.

“Quem não vota perde o dever e moral, de avaliar o empenho de quem governa, do poder de criticar e participar no processo democrático que Angola está a consolidar”, disse o responsável desejando êxitos ao comandante cessante, comissario-chefe Simão Tomás Queta, nos novos desafios.

Entretanto, o novo delegado do Ministério do Interior e comandante provincial da Polícia Nacional, comissário Elias Dumbo Livulo, assegurou que vai trabalhar para garantia da segurança e tranquilidade da população.

O comandante que falava a jornalistas após o acto de tomada de posse, adiantou não ser tarefa fácil assumir a responsabilidade de comandante na província de Benguela, mas com a entrega do efectivo e coordenação será possível atingir os objectivos, que visam garantir a segurança e tranquilidade da população como prioridade.

O responsável pediu aos membros do seu pelouro e efectivo, maior entrega. “O que vai mudar são as normas de actuação, mas o objectivo será o mesmo, combater cerradamente a criminalidade”, indicou.

Interrogado sobre as constantes rixas entre militantes de partidos políticos, o comissário garantiu contornar a situação com diálogo permanente com os dirigentes políticos, no sentido da haver mais harmonia sobretudo neste período eleitoral.

O comissário Elias Dumbo Livulo, é natural do município do Lobito, quadro do Comando Geral e da Polícia de Intervenção Rápida, já exerceu cargos de comandante nas províncias do norte do país culminando na vizinha província do Huambo, e substitui no cargo, o comissario-chefe Simão Tomás Queta, que permaneceu durante quatro anos em Benguela e vai assumir as funções de comandante nacional da PIR.

A cerimónia que teve lugar no pavilhão multiuso Acácias Rubras, contou com a presença dos membros dos conselhos consultivo da delegação do Interior e do Comando Provincial da PN, e efectivo dos distintos órgãos que compõem o ministério.

Leia também
  • 17/02/2017 14:15:44

    Benguela: Membros do Conselho de Concertação e Auscultação Social reunidos em sessão ordinária

    Benguela - Membros do Conselho Provincial de Auscultação e Concertação Social de Benguela, analisam hoje, sexta-feira, no seu primeiro encontro ordinário, entre outras matérias de caracter socio-económico, a doptação orçamental da província para 2017.

  • 16/02/2017 15:11:22

    Benguela: Amotrang queixa-se da Polícia

    Lobito - O delegado municipal do Lobito da Associação dos Motoqueiros Transportadores de Angola (Amostrang), Afonso Sequeira Wasuka, reclamou hoje, quinta-feira, nesta cidade,"uma melhor postura da Polícia na via púlbica".

  • 16/02/2017 12:01:59

    Benguela: Bebé nasce com má formação congénita

    Ganda - Um bebê nasceu quarta-feira com má formação congênita (sem os membros superiores e inferiores) na comuna do Casseque, município da Ganda, província de Benguela, soube hoje, quinta-feira, a Angop de fonte hospitalar.