Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

25 Novembro de 2017 | 09h04 - Actualizado em 25 Novembro de 2017 | 09h04

Mais de 100 quilómetros de terra livres de minas na EN 180

Luena - Cento e oitenta quilómetros de extensão territorial, ao longo da Estrada Nacional (EN) 180,que liga Luena a Luvuei, município dos Bundas, Província do Moxico, estão livres de minas, depois do trabalho de desminagem realizado pela empresa "Gip e Felex, Limitada".

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Mais de 100 quilómetros de terra livres de minas

Foto: David Dias

Mais de 100 quilómetros de terra livres de minas

Foto: David Dias

Com duração de 40 dias, a desminagem, efectuada à berma do lado direito da EN, visa a instalação dos cabos de fibra óptica, até à sede municipal dos Bundas (Lumbala Nguimbo), para a melhoria das telecomunicações na região.

Em declarações à Angop, o supervisor de campo da “GIP e Felex, Limitada”, Anacleto Félix Cangango, apontou que no decorrer do processo de desminagem, foram removidas três mil e 868 munições, 180 projécteis de morteiros diversos não detonados e 64 minas anti-tanques e pessoais. 

Sem revelar o montante, fez saber que os trabalhos, financiados pela empresa de telefonia móvel “UNITEL”, envolveram 32 trabalhadores, entre sapadores, motoristas e técnicos administrativos, subdivididos em dois grupos.

Por sua vez, o director-geral da "Gip e Felex, Limitada", Dionário António Jerónimo, mostrou-se satisfeito pelo feito que, para além de facilitar os trabalhos da UNITEL, contribui para a salvação de vidas humanas.

Ao enaltecer o gesto, os habitantes das povoações de Canaje e do Luvuei (ao longo da EN -180) afirmaram que a desminagem desta via está a permitir a livre circulação de pessoas e bens, bem como garantirá, a médio prazo, o uso de telefones móveis e outros sistemas de telecomunicações, por parte da população da região.

Leia também
  • 06/02/2019 11:16:38

    Acidentes de viação causam 92 mortes em 12 meses no Cuanza Norte

    Ndalatando - Noventa e duas pessoas morreram e 523 ficaram feridas em consequência de 383 acidentes de viação registados entre Janeiro a Dezembro de 2018 no Cuanza Norte, informou o Comando Provincial da Polícia Nacional.

  • 05/02/2019 17:25:45

    Escolas de condução de Malanje sem equipamento multimédia

    Malanje - As escolas de condução da província de Malanje carecem de equipamento multimédia para as aulas e os exames teóricos de condução, sistema que facilita o trabalho dos instrutores, assim como garante mais destreza e conhecimento aos alunos.

  • 05/02/2019 16:06:23

    Militar das FAA morto a tiro na Matala

    Matala - Um militar das Forças Armadas Angolanas (FAA), de 37 de anos de idade, afecto ao Batalhão de Logística, foi morto a tiro, domingo (3), por meliantes ainda não identificados, no bairro Calumbiro, no município da Matala, província da Huíla.

  • 04/02/2019 22:16:51

    Associação planta mais de 600 árvores na Banga

    Banga - Pelo menos 650 espécies de árvores ornamentais e fruteiras foram plantadas esta segunda-feira, na vila da Banga, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, numa acção da associação dos naturais e amigos da localidade, Anabanga.